terça-feira, 12 de setembro de 2017

PF apura irregularidades e afasta Superintendente do IBAMA no RN

O nome da operação remete ao folclore japonês, onde Kodama é um espírito que habita em árvores e protege o meio ambiente.
A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (12/9), a OPERAÇÃO KODAMA que visa reunir provas dos crimes de prevaricação, corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro, bem como, evitar a continuidade de atos lesivos que estariam sendo cometidos contra o meio ambiente no Rio Grande do Norte.
Cerca de 50 policiais federais estão cumprindo 11 mandados judiciais de busca e apreensão, além de uma medida cautelar de afastamento de função pública. As buscas acontecem nas cidades de Natal, Goianinha, Ceará-Mirim e Tibau do Sul.
A investigação, iniciada nos primeiros meses deste ano, teve como ponto de partida os dados constantes no Relatório de Auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) e em um Processo administrativo Disciplinar instaurado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), quando várias irregularidades restaram atribuídas ao Superintendente desse órgão no RN.
Foram ainda identificadas em um primeiro momento pelo menos 10 condutas de favorecimento ilícito a pessoas físicas e jurídicas, as quais teriam sido beneficiadas indevidamente por meio da anulação de autos de infração, desembargo de atividade e restituição de bens apreendidos. Mediante tais procedimentos, deu-se aparência de regularidade na aquisição de aproximadamente 8 toneladas de lagosta de origem não comprovada, como também, se conferiu legitimidade ao funcionamento irregular de empreendimento hoteleiro construído em área de preservação permanente e localizado na praia de Tibau do Sul,.
Diante da gravidade dos fatos, a 14ª Vara da Justiça Federal/RN acolheu a representação policial e determinou o afastamento daquele gestor.
Será concedida entrevista coletiva às 10h na sede da Superintendência Regional da PF, sita à Rua Dr. Lauro Pinto, 155 – Lagoa Nova, nesta.
*Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Norte cs.srrn@dpf.gov.br | www.pf.gov.br
*O Câmera

Dia 14 De Setembro Aniversário Da Congregação Da Igreja De Cristo No IPE, Participação Do Cantor Chagas Sobrinho

MOSSORÓ-RN: Agricultor é morto a tiros na zona rural

O agricultor Arnaldo Henrique de Brito Junior, de 22 anos de idade, residente no Assentamento Hipólito, zona rural de Mossoró, foi morto a tiros no inicio da noite de hoje, 11 de setembro.
Segundo informações de familiares, Arnaldo passou o dia na casa de sua mãe, no sitio Santa Fé e no inicio da noite seguia de motocicleta, com a esposa, por uma estrada carroçável, para o assentamento onde morava. No meio do caminho ele foi abordado por elementos numa motocicleta. Já parado, ele foi alvejado com dois disparos de espingarda e morreu no local. A mulher não foi atingida, mas em choque, precisou ser socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento “UPA” em Mossoró. Ainda não existe uma motivação oficial sobre o crime.
Os policiais militares que chegaram primeiro ao local receberam informações que Arnaldo, estava envolvido com roubo de animais nos assentamento rurais da região e durante o roubo de uma vaca, ele teria espancado o dono do animal.
A policia não afirma, mas não descarta a possibilidade do homicídio na noite de hoje, ter sido um recado de algum criador insatisfeito com os delitos praticados por ladrões de animais nos assentamentos.
A família não confirma o envolvimento de Arnaldo com os delitos praticados nas comunidades rurais da região. Perguntado, um irmão de Arnaldo não sabe informar se ele teria recebido algum tipo de ameaças e nem sabe se ele tinha inimizades.
Segundo o perito criminal Renildo Marcelino, a vítima foi atingida no rosto e nas costas com disparos de espingarda. Renildo disse que no local, não era possível identificar o calibre da arma e nem o tipo de munição utilizada.

*O Câmera.

OPERAÇÃO KODAMA INVESTIGA IRREGULARIDADES DENTRO DO IBAMA RN

A Operação Kodama, um trabalho conjunto do Ministério Público Federal (MPF) e da Polícia Federal (PF), vem cumprindo mandados de busca e apreensão em 12 endereços de Natal, Ceará-Mirim, Goianinha e Tibau do Sul, na manhã desta terça-feira (12). O objetivo é coletar informações sobre um possível esquema de irregularidades envolvendo a Superintendência do Ibama no Rio Grande do Norte junto a três empresas de processamento de pescados e um hotel.
Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 14ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte, que também determinou a suspensão do exercício da função pública do superintendente do Ibama no RN, Clécio Antônio Ferreira dos Santos. Estão sob investigação, pelo menos, dez decisões adotadas pelo superintendente, que dizem respeito, sobretudo, ao cancelamento indevido de autos de infração e de sanções administrativas.

*Neto Queiroz.

Pau dos Ferros-RN: Mais um preso em liberdade é morto a tiros na cidade

A semana começa com mais um homicídio na cidade de Pau dos Ferros. O segundo em menos de 48 horas. O crime apresenta as mesmas características do que ocorreu no último sábado, pois envolve a execução de um apenado.
Desta vez, o crime ocorreu no bairro Manoel Deodato. A vítima foi identificada como Walisson Vagner da Silva, 22 anos, mais conhecido como cabeça. A polícia informou que Walisson cumpria pena no regime semiaberto, e foi assassinado sentado na área de uma casa, naquele bairro de Pau dos Ferros.
No dia 10 de setembro de 2016, Walisson sofreu uma tentativa de homicídio, mas sobreviveu também aqui em Pau dos Ferros.
Sem muitas informações divulgadas, a polícia informou que o atirador fugiu pela porta da cozinha da residência. O local foi isolado pela polícia e segue aguardando a chegada do Itep para remoção do corpo e perícia no local.
Segundo informações do TC Cavalcante, comandante do Batalhão de Policia Militar de Pau dos Ferros, os cinco suspeitos trocaram tiros com a policia e foram presos, numa ação rápida do Grupo Tático Operacional com a a Viatura de Radio Patrulha. O atirador e mais quatro elementos suspeitos de participarem dando apoio ao atirador que tirou a vida de Walisson Vagner da Silva. Quatro suspeitos são de Mossoró e um da cidade de Pau dos Ferros.


*O Câmera.

11 DE OUTUBRO TEM BAILE BENEFICENTE AMIGOS DO GASPEC NA ACDA COM RADIOLA CLUB