Mostrando postagens com marcador QUEDA DE AVIÃO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador QUEDA DE AVIÃO. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 22 de maio de 2020

DESASTRE: Avião com mais de 100 pessoas cai no Paquistão

Foto: Reprodução/Twitter / Ansa
Um avião comercial com mais de 100 pessoas a bordo caiu nesta sexta-feira (22) em uma área residencial da cidade de Karachi, no sul do Paquistão. A informação foi confirmada por um porta-voz da companhia aérea Pakistan International Airlines (PIA).

O prefeito de Karachi, Waseem Akhtar, disse que não deve haver sobreviventes, mas não citou um número exato de vítimas. Segundo o médico Seemin Jamali, do hospital Jinnah, próximo ao local do aciente, ao menos cinco pessoas morreram.

O Ministério da Aviação do país informou que a aeronave tinha 99 passageiros e 8 tripulantes. O voo PK8303 decolou da cidade de Lahore e estava programado para aterrissar em Karachi às 14h30 (6h30 em Brasília), mas desapareceu do radar, de acordo com o porta-voz da PIA, Abdullah Khan.

“A última coisa que ouvimos do piloto foi que ele estava com problemas técnicos”, disse Khan, que afirmou à CNN que o piloto do Airbus A320 fez uma chamada de emergência relatando algumas dificuldades. “Ele foi informado de que as duas pistas de pouso estavam disponíveis para uso, mas preferiu usar a rota de pouso. Estamos analisando a questão técnica. Nossas orações pelas vidas perdidas.” Veja mais AQUI.

*CNN BRASIL

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Avião ucraniano que caiu no Irã levava passageiros de sete nacionalidades

Autoridades trabalham em meio a destroços de avião que caiu em Shahedshahr, a sudoeste da capital Teerã, Irã, nesta quarta-feira (8) — Foto: AP Photo/Ebrahim Noroozi
O avião que caiu no Irã perto do aeroporto de Teerã, capital do país, na manhã desta quarta-feira (8), levava passageiros de sete nacionalidades. De acordo com o ministro de relações exteriores da Ucrânia, Vadym Prystaiko, os 176 mortos eram dos seguintes países:
  • Irã : 82 passageiros
  • Canadá: 63 passageiros
  • Ucrânia: 2 passageiros + 9 tripulantes
  • Afeganistão: 4 passageiros
  • Suécia: 10 passageiros
  • Reino Unido: 3 passageiros
  • Alemanha: 3 passageiros
O ministro Vadym Prystaiko expressou suas condolências e declarou, no Twitter, que as autoridades ucranianas continuam investigando a tragédia.
Corpos de vítimas de queda de avião ucraniano no Irã são coletados pela equipe de resgate nesta quarta-feira (8) — Foto: AP Photo/Ebrahim Noroozi
O voo 752 da Ukraine International Airlines partiu com quase uma hora de atraso, às 6h12, do aeroporto Imam Khomeini. Ele tinha como destino o Aeroporto Internacional Boryspil, em Kiev, na Ucrânia. A queda do Boeing 737 ocorreu em Shahedshahr, no sudoeste da capital iraniana, logo após a decolagem.
O avião caiu poucas horas após o Irã ter disparado mísseis contra duas bases aéreas que abrigam tropas dos EUA no Iraque, em resposta à morte do general Qassem Soleimani. Não há informações sobre relação entre os dois casos.


Investigador forense trabalha no local da queda de avião ucraniano no Irã em meio a corpos nesta quarta-feira (8) — Foto: AP Photo/Ebrahim Noroozi
Causas da queda
A autoridade iraniana de Aviação Civil informou que as caixas-pretas do avião foram encontradas e devem ajudar a esclarecer a queda do avião. O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou que uma comissão investiga todas possibilidades.
A embaixada da Ucrânia em Teerã chegou a divulgar uma nota dizendo que, segundo informações preliminares, a queda do avião teria sido provocada por problemas técnicos no motor e descartando qualquer relação do incidente com terrorismo ou com os disparos de foguetes. Mais tarde, uma nova nota destacou que as causas estão sendo esclarecidas. Em seu perfil no Twitter, a Boeing escreveu que está ciente das notícias sobre o acontecido no Irã e que está coletando mais informações.

Mapa mostra local do desastre com avião ucraniano perto de Teerã — Foto: G1

*Erivan Morais, do G1.