domingo, 3 de maio de 2020

MOSSORÓ-RN: JACARÉS GIGANTES SÃO FLAGRADOS NO RIO E ASSUSTA MORADORES

Moradores estão assustados com aparecimento de enormes jacarés no leito do Rio Mossoró. Eles surgem em meio a mata para comer e somem em seguida.
Não é a primeira vez que esses aligátores surgem no Rio Mossoró. Vários já foram flagrados e filmados ao longo do trecho urbano e rural. Até filhotes foram encontrados na comunidade dSítio Picada Primeira.
Em dezembro de 2011 o Blog Passando na Hora registrou em primeira mão, em vídeo aparição de jacarés no Sítio Picada Primeira na Zona Rural da cidade.
No dia 25 de novembro de 2015, quando muitos não acreditavam uma nova ocorrência onde um jacaré se encontrava nas margens do rio Mossoró, na segunda ponte do Complexo Viário que liga o Bairro Alto da Conceição ao Alto de São Manoel. (RELEMBRE VÍDEO).


*Passando na Hora

Fake: Vídeos com caixões vazios foram feitos em 2017

Me surpreendi com a quantidade de compartilhamentos de um vídeo em grupos de Whatsapp e no Facebook que supostamente revelaria uma farsa sobre mortes de pessoas por Covid-19 em Manaus. A informação seria de que a Polícia Federal teria descoberto que caixões estavam sendo enterrados sem corpos, vazios, ou com pedras.
Tudo não passou de "Fakenews" (notícia falsa). Os vídeos não foram feitos em Manaus, e muito menos nos tempos atuais, mas sim em 2017 em São Carlos (SP), três anos antes da pandemia, onde a denúncia revelava um golpe sobre seguro.
Algumas pessoas mandaram esse vídeo para que eu publicasse. Como não trabalho com fakenews, apenas com a verdade, decidi fazer essa postagem para esclarecer.


*Informação: Ismael Sousa 

*Do Blog: Nós também recebemos esses vídeos, mas não acreditamos e não postamos.

Coronavírus: Brasil registra 275 óbitos nas últimas 24h e total chega a 7.025; Com 4.588 novos casos, infectados somam 101.147

Foto: Reuters/Roosvelt Cássio
O Brasil tem mais de 100 mil casos confirmados da COVID-19, segundo balanço divulgado pelo Ministério da Saúde na tarde deste domingo (3). O país confirmou 4.588 casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas, totalizando 101.147 diagnósticos.
De acordo com a pasta, o número de óbitos chegou a 7.025, com 275 novas mortes.
O Brasil passa a marca de 7 mil óbitos apenas dois dias depois de ultrapassar a de 6 mil, registrada no feriado de 1º de maio.

*CNN Brasil/BG

Moro diz que ‘depoimento foi longo, mas tranquilo’ e que apresentou ‘bastante coisa’

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O ex-ministro da Justiça e da Segurança Pública Sergio Moro prestou um longo depoimento na tarde deste sábado, 2, na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba e, após cerca de nove horas, disse a interlocutores que “fez um relato histórico de uma série de situações” envolvendo sua relação de trabalho com o presidente Jair Bolsonaro.
“O depoimento foi longo, mas tranquilo”, declarou o ex-juiz da Lava-Jato. Sergio Moro informou que apresentou “bastante coisa” de provas materiais que embasariam as acusações de que o presidente tentava interferir politicamente em órgãos de investigação, mas afirmou que o conteúdo completo de seus esclarecimentos virá à tona apenas quando o ministro Celso de Mello, relator do inquérito que trata das acusações de Moro no Supremo Tribunal Federal (STF), autorizar o levantamento do sigilo de suas declarações.
“Foi um depoimento longo, mas tranquilo. Fiz um relato histórico de uma série de situações. Prova material? Tem bastante coisa”, resumiu Moro, segundo relatos obtidos por VEJA. No depoimento à Polícia Federal, ele detalhou casos, como o pedido de Bolsonaro para trocar o comando da Polícia Federal no Rio de Janeiro, classificado por ele como um exemplo de tentativa da interferência presidencial em órgãos de investigação.

*Veja/BG

Profissionais do Estadão são agredidos com chutes, murros e empurrões por apoiadores de Bolsonaro

Foto: André Borges/Estadão
Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro agrediram com chutes, murros e empurrões a equipe de profissionais do Estadão que acompanha uma manifestação pró-governo realizada neste domingo, 3, em Brasília. O fotógrafo Dida Sampaio registrava imagens do presidente em frente a rampa do Palácio do Planalto, na Esplanada dos Ministérios, numa área restrita para a imprensa quando foi agredido.
Sampaio usava uma pequena escada para fazer o registro das imagens quando foi empurrado duas vezes por manifestantes, que desferiram chutes e murros nele. O motorista do jornal, Marcos Pereira, que apoiava a equipe de reportagem também foi agredido fisicamente com uma rasteira. Os manifestantes gritavam palavra de ordem como “fora Estadão”.
Os dois profissionais precisaram deixar o local rapidamente para uma área segura e procuraram o apoio da polícia militar. Eles deixaram o local escoltados pela PM. Os profissionais passam bem. Os repórteres Júlia Lindner e André Borges, que também acompanham a manifestação para o Estadão, foram insultados, mas sem agressões.
Milhares de pessoas se reúnem na Esplanada dos Ministérios convocadas num ato estimulado pelo presidente. A ação ocorre após o ex-ministro Sérgio Moro prestar depoimento no inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para apurar denúncia feita por ele de que o presidente Bolsonaro utilizou o cargo para tentar ter acesso a investigações sigilosas da Polícia Federal.
Bolsonaro desrespeitou todas as normas de saúde pública ao participar da manifestação. Sem máscara, desceu a rampa do Planalto e deu uma volta em todo alambrado. O desrespeito as medidas de segurança por causa do novo coronavírus é generalizado entre os apoiadores do presidente. Assim como o presidente, grande parte da população não usa máscara.

*Estadão Conteúdo/BG

Bolsonaro: “não haverá mais interferência no Governo, chegamos ao limite”

Em live na rampa do Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro afirmou que “não haverá mais interferência no governo”.
“Peço a Deus que não tenhamos problema nesta semana. Chegamos ao limite. Não tem mais conversa. Daqui para frente não só exigiremos, faremos cumprir a Constituição. Ela será cumprida a qualquer preço.”, disse o presidente.

*O Antagonista/BG

BOLETIM COM DADOS DO CORONAVÍRUS NO RN

A Secretaria de Estado e Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte.
Com o registro de 33 novos infectados, o número total de casos confirmados é de 1.392.
O número de óbitos chega a 61 com duas confirmações registradas nas últimas 24 horas.
Os casos suspeitos são 4.939, até ontem este número era de 4.834. Casos descartados somam 4.378.
A quantidade de recuperados do coronavírus não sofreu alteração em relação ao informado no sábado (2), totalizando 415.

SAUDADE - POETISA APODIENSE DEUSINHA

ASSÚ-RN: HOMEM É MORTO COM TIRO DE ESCOPETA CALIBRE 12

Um homem foi morto com tiro de escopeta calibre 12 na manhã desde domingo, 03 de Maio de 2020, na rua Coronel Francisco Martins, na cidade de Assú.
Segundo informações, o homem identificado até o momento como "Novinho", que trabalhava lavando carro, foi executado em via pública por homens desconhecidos. Populares não preferiram passar informações a respeito da ação do crime, ou o tipo de veículo usado na execução do homicídio. Até o momento não há uma identificação oficial da vítima.
Em instantes mais informações.

MOSSORÓ-RN: DEFICIENTE FÍSICO É ALVEJADO NA PORTA DE CASA NA ALAMEDA DOS CAJUEIROS

A Polícia Militar registrou um crime de tentativa de homicídio na manhã de domingo 03 de maio de 2020, na Alameda dos Cajueiros área do Planalto 13 de Maio em Mossoró no Rio Grande do Norte.
O cadeirante Edemarson Kleyton da Silva, conhecido como "Cu de Ouro", foi alvejado na porta de sua casa por indivíduos que chegaram em um carro e começaram a atirar contra ele.
O mesmo ainda conseguiu entrar para o interior da residência, mas foi atingido com vários disparos."Cu de Ouro" foi socorrido por uma ambulância ALFA com Suporte Avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), e seu estado de saúde é considerado estável.
Envolvido em crimes, e em prisão domiciliar concedida por causa de sua deficiência, "Cu de Ouro" perdeu os movimentos dos membros inferiores em um confronto com a policia no ano de 2008.
No dia 11 de novembro de 2011, ele foi preso acusado de tráfico de drogas na Alameda dos Cajueiros. (RELEMBRE)
No dia 04 de março de 2015, ele voltou a ser preso com suspeito de participação em roubos e com um verdadeiro arsenal de armas de fogo. (RELEMBRE).


*Passando na Hora

UERN: Alunos e professores de Química produzem sabão líquido em laboratórios do Campus Central

Professores Keurison Magalhães, Anne Gabriella e Danielle Medeiros.
Professores e alunos do curso de Química, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), iniciaram a segunda fase do projeto que visa ajudar instituições de saúde e comunidades carentes com a doação de máscaras, sabão e produtos sanitizantes.
O projeto é fruto de uma parceria com a Universidade Estadual do Piauí (UESPI) e a Universidade Federal do Piauí (UFPI), que estão executando as mesmas ações. A primeira etapa do projeto concluiu a confecção de 740 máscaras de tecidos. Essas máscaras já foram distribuídas nas unidades de saúde e na comunidade.
Na UERN estão envolvidos professores, alunos da graduação em Química, da pós-graduação em Ciências Naturais, além de egressos. Os laboratórios do Campus Central, localizados na Faculdade de Ciências Exatas e Naturais (FANAT), estão sendo utilizados para a produção do sabão.
A professora Anne Gabriella conta que nessa segunda fase já foram produzidos, em média, 140 litros de sabão, a meta é atingir aproximadamente 500 litros. Todas as medidas de segurança no combate à transmissão do Covid-19 estão sendo respeitadas pelas equipes de voluntários.
A terceira etapa do projeto compreende a produção de uma solução sanitizante que tem como objetivo principal atender as Unidades de Saúde. Além da doação, existe o caráter educativo. A equipe fará um vídeo ensinando os adultos a fazerem essa solução em suas casas.
A lista das unidades de saúde, instituições, abrigos e associações que serão beneficiadas com a doação do sabão e da solução sanitizante está sendo organizada pelos integrantes do projeto.




Por: Iuska Freire - Portal UERN

Fortaleza teve 500 pessoas mortas por Covid-19; no estado, são 641 óbitos e mais de 8 mil casos

O número de casos de Covid-19 chegou a 8.336 no Ceará na mais recente atualização de dados da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), na plataforma IntegraSUS, às 9h53 deste domingo (3). Foram confirmadas 641 mortes, três a mais que as registradas até o dia anterior.
Fortaleza, epicentro da contaminação pelo vírus no estado, também registra novo recorde de casos e óbitos, com 6.376 diagnósticos e 500 mortes em decorrência da Covid-19. Já há casos anotados em 150 cidades do Ceará.
Os números apresentados pela Secretaria da Saúde fazem referência à disponibilidade dos resultados dos testes para detectar a presença dos vírus, o que não corresponde necessariamente à data da morte ou do início da apresentação dos sintomas pelo paciente.
Veja outras informações da plataforma divulgadas nesta sexta (1º) :
  • São 24.503 casos suspeitos;
  • 27.135 testes realizados;
  • A taxa de letalidade da doença no CE é de 7,7%;
  • 150 municípios cearenses tiveram diagnósticos positivos da Covid-19.

*Do G1 CE

MOSSORÓ-RN: 67º HOMICÍDIO EM 2020 - JOVEM DE 19 ANOS É MORTO A TIROS E PEDRADAS NO BAIRRO SANTO ANTÔNIO

O crime aconteceu por volta das 21h30min da noite de sábado, 02 de maio, na Rua Edinor Lima de Moura, no bairro Santo Antônio em Mossoró.
Segundo informações, Breno Ítalo da Silva Roque, 19 anos de idade, residente na Rua Vivaldo Dantas de Farias, próximo a Unidade de Pronto Atendimento do bairro, estava em casa no início da noite e uma pessoa teria chegado chamando por ele.
Breno teria sido aconselhado por alguém da família para não sair, mas não obedeceu e pouco tempo depois a família foi avisada que o mesmo havia sido morto a tiros no mesmo bairro onde morava.
A perícia criminal localizou apenas duas perfurações, no pescoço e na parte de trás da cabeça da vítima, além de fraturas provocadas por material contundente. Além dos tiros Breno Ítalo sofreu pancadas na cabeça provocadas por uma pedra, que foi encontrada suja de sangue ao lado do corpo.
Cápsulas de revólver e de pistola ponto 40 foram encontradas na cena do crime, pela equipe pericial.
Familiares informaram a polícia que o jovem era usuário de drogas e não tinha passagem por delegacias. Nem a família e nem a polícia sabem a quem atribuir a autoria do crime, que pode está ligado ao tráfico de drogas.

VER GALERIA DE FOTOS COMPLETA


*O Câmera 

MOSSORÓ-RN: Idosa de 82 anos hipertensa se recupera do coronavírus após 14 dias internada; 'Ela é muito forte', diz filha

Aldenora Braga, de 82 anos, e o médico Ziraldo Holanda após a recuperação da paciente — Foto: Cedida
Uma idosa de 82 anos, que é hipertensa e pré-diabética, se recuperou do novo coronavírus após 14 dias internada em um hospital privado na cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Aldenora Fernandes Braga esteve na enfermaria e não necessitou ser levada à UTI. Ela foi liberada no dia 26 de abril.
"Ela renasceu. Ela é muito forte. Quando eu soube que ela estava recuperada, foi a coisa mais emocionante que eu passei na vida além do nascimento dos meus filhos", disse a filha Fernanda Fernandes. "Eu não sabia se chorava ou se ria, se eu pulava", completou.
Aldenora foi internada no dia 13 de abril, quando apresentou febre após ter tosse seca nos dois dias anteriores. Segundo Fernanda, a mãe, que também tem Alzheimer, estava cumprindo o isolamento social e sendo cuidada por ela, mas em um dos dias conseguiu sair de casa.
Os exames iniciais davam a suspeita do coronavírus, fato que foi confirmado cinco dias depois. "Quando soube, foi um momento muito difícil, principalmente pra mim, que lidei com tudo. Eu moro com ela, cuido dela. Foram 14 dias de muitas lágrimas e muita fé e oração" falou Fernanda.
Apesar da idade avançada e das doenças que agravam o coronavírus, Aldenora não teve grandes complicações. "Em nenhum momento ela complicou a ponto de precisar de UTI. Por incrível que pareça, apesar de tudo. Gente mais saudável do que ela, internou, esteve grave e infelizmente foi a óbito. E ela em nenhum momento chegou a precisar de UTI", contou o médico Ziraldo Holanda, do Hospital Wilson Rosado, que tratou de Aldenora.
Fernanda Fernandes esteve ao lado da mãe durante todos os dias da internação. Ela contou que parte da família apresentou algumas sintomas leves da doença no mesmo período de Aldenora. A recuperação, portanto, foi feita em casa.
A filha acredita que a emoção dela foi ainda maior do que a mãe, que com o Alzheimer, não tem a exata noção pelo que passou. "Foi um milagre o que aconteceu com ela", disse. Fernanda ainda elogiou a autuação da equipe de profissionais da saúde durante os dias internada.

Fernanda e a mãe Aldenora — Foto: Cedida
 Segundo o médico Ziraldo Holanda, manter a calma nesses tratamentos é fundamental. "Mantendo a calma, passando para os familiares e pacientes, com clareza e segurança aquilo que eles precisam fazer, não necessariamente o que eles querem e sempre se lembrando do que o nosso mestre Hipócrates disse, de que o que o médico tem que sempre fazer é consolar o seu paciente. A gente consegue dar ao paciente aquilo que a gente mais precisa, que na verdade não é a cura, é aplacar a angústia", falou.
Ele explica que o que deixa o paciente e o acompanhante estressados é a a falta de empatia. "O que o paciente e o familiar querem é só um ouvido pra escutar e uma sinceridade, dita de uma forma que não seja agressiva, que denote prudência".


*G1 RN

MINUTOS DE SABEDORIA!!!!

PENSE positivamente!
Nossos pensamentos emitem ondas reais que se irradiam de nosso cérebro, formando uma atmosfera mental que é peculiar a cada pessoa.
De acordo com o tipo de vibração do pensamento, atrairemos a nós todas as ondas semelhantes.
Se você pensar negativamente, atrairá todos os pensamentos negativos, piorando seu estado.
Pense positivamente, para atrair apenas pensamentos positivos de paz e prosperidade.

MOSSORÓ-RN: 153 MORTES VIOLENTAS EM 2020 - JOVEM É MORTO A TIROS NO BELO HORIZONTE

O crime aconteceu por volta das 21h30m de sábado, 24 de outubro, na Rua João Damásio, no bairro Belo Horizonte em Mossoró no Rio Grande do N...