quinta-feira, 13 de agosto de 2020

BARAÚNA- RN: BANDIDO MATA TRABALHADOR DE AGRÍCOLA NA ZONA RURAL E SAI NO CARRO DA VÍTIMA ATÉ A CIDADE

José Ivan Ângelo da Silva, de 39 anos de idade, foi morto com um tiro de escopeta calibre 12 na cabeça, quando retornava de uma empresa produtora de frutas, no início da noite de quinte feira, 13 de agosto, na zona rural de Baraúna, no Oeste do Rio Grande do Norte.
Segundo informações, Ivan, era natural de Natal e trabalhava na empresa Interfruit Alimento localizada na zona rural de Baraúna. Ele estava saindo do trabalho na companhia de dois amigos e próximo de uma guarita, a poucos metros da RN 015, o veículo foi interceptado por um criminoso armado.
Segundo informações da Polícia Militar, depois que identificou, José Ivan, o criminoso mandou que ele descesse do carro e o executou com um tiro na cabeça.
Ainda segundo informações, após o crime, ainda com a arma na mão, o pistoleiro entrou no veículo e veio até a cidade de Baraúna. Noutra fonte de informação, ele teria vindo até a cidade de Mossoró.
Pra família e os amigos, o crime é um mistério. Não há registro de inimizade de José Ivan e nem antecedentes criminais.
O corpo de José Ivan foi removido para exames de necrópsia na Unidade Regional do Itep em Mossoró de deverá ser liberado na manhã de hoje.


*Fonte: O Câmera

NATAL-RN: MENINO DE 13 ANOS É BALEADO NA CABEÇA NA COMUNIDADE DO MOSQUITO

Menino foi socorrido e levado para o Hospital Santa Catarina — Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi
Um menino de 13 anos foi baleado na cabeça na manhã desta quinta-feira (13) no bairro das Quintas, Zona Oeste de Natal. Ele foi socorrido com vida.
De acordo com a família, o menino juntava material reciclável com os irmãos na comunidade do Mosquito, onde mora, quando uma moto passou com um homem atirando. O garoto foi atingido por um disparo na cabeça.
Ele foi levado para o Hospital Santa Catarina e, de lá, transferido para o Pronto-socorro Clóvis Sarinho. Ainda segundo informações da família, o pai do menino também foi baleado há 10 dias em circunstâncias parecidas e está internado.

GOIANINHA-RN: CORPO DE ADOLESCENTE DESAPARECIDO É ENCONTRADO PELA FAMÍLIA

Lucas Macena, de 15 anos, estava desaparecido desde domingo (9) — Foto: Arquivo da Família
O corpo do adolescente Lucas Macena, de 15 anos, que estava desaparecido desde domingo (9) quando saiu de casa no sítio Guariba, na zona rural do município de Goianinha, foi encontrado pela família, na manhã desta quinta-feira (13).
O corpo estava enterrado em um canavial no município de Goianinha.
Na manhã desta quinta (13) um grupo se reuniu por volta das 5h para tentar localizar o adolescente. De acordo com informações da família, o corpo de Lucas estava muito machucado. Desde domingo (9), familiares do adolescente faziam buscas por conta própria.
“A gente estava procurando ele dentro de mata, dentro de partido de cana, em lagoas. Onde a gente tinha pista, a gente ia buscar. Até em hospitais pra saber se ele deu entrada”, contou a tia do rapaz que preferiu não ser identificada. Lucas Macena foi visto pela última vez na comunidade Lagoa do Poço, por volta das 19h de domingo (9).
O corpo do adolescente deve ser removido para a sede do Itep onde passará por exames para identificar a causa da morte. 


*Do G1 RN

PATU-RN: 11 MESES DEPOIS DO INCÊNDIO, NATURESA NA SERRA DO LIMA SEGUE SE RECUPERANDO

Nesta quarta-feira (12/08), quase um ano depois do grande incêndio que devastou parte da vegetação da Serra do Lima, localizada no Município de Patu, no Rio Grande do Norte, a reportagem do MOSSORÓ HOJE retornou ao local para verificar como está a situação atualmente.
Para nossa surpresa, a Serra do Lima está verde, com uma natureza exuberante e que em nada lembra os registros assustadores provocados pelo incêndio, que teve início no dia 16 de setembro de 2019 e demorou mais de uma semana para ser controlado.

O prefeito do município, Rivelino Câmara, lembrou de como municípios da região atenderam ao seu pedido de socorro e subiram a serra para ajudar a combater o incêndio, principalmente com o fornecimentos de carros-pipas.
“Foi necessária essa mobilização porque logo no segundo dia o incêndio tomou uma proporção muito grande e aí como a gente só tava tendo o apoio dos bombeiros aqui de Pau dos Ferros e alguns homens de Mossoró, nós tivemos que urgentemente ir a Natal e conversamos com a governadora e mostramos a gravidade do problema”.
Ele conta que foi determinado que o comandante geral do Corpo de Bombeiros fosse para a cidade, onde foi instalado um gabinete de crise. “Assim o fizemos lá no santuário, aí foram deslocados mais 50 homens do corpo de bombeiros aqui para a cidade”.
Rivelino Câmara também destacou a mobilização da própria sociedade. “Para se ter uma ideia, nós tínhamos aqui cerca de 100 voluntários trabalhando diariamente lá no santuário, mais os 50 homens do corpo de bombeiros e esse trabalho durou em torno de 15 dias”.
Meses após ocorrido, o gestor conta que o município fez uma parceria com a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) para a elaboração de um projeto de recuperação da vegetação consumida pelas chamas.
"Alguns professores, estudantes da universidade estiveram aqui, elaboraram até um projeto, mas a gente também contou com a ajuda divina, digamos assim. Esse ano o inverno foi muito bom e aí a nossa caatinga, quando as chuvas caem, ela realmente renova e ela ressurge. Tem algumas árvores que são mais difíceis e vão demorar mais a volta, mas a gente já teve uma recuperação muito grande da mata devido ao inverno.

Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis
Conversamos também com o Padre Luiz Telmo, um dos reitores do Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis. O santuário correu grande risco com a aproximação das chamas e, na época, o padre atuou diretamente na força-tarefa que foi montada para controlá-las.
O Padre diz que é eternamente grato, não só aos patuenses, mas a população de diversos municípios que se mobilizaram para ajudar. 

“As autoridades dos municípios aqui próximo, os prefeitos, o público em geral chegou aqui para ajudar a conter o fogo, porque a serra é um patrimônio, não nosso, mas de todo o pessoal que conhece e sabe defender a riqueza dessa serra. Não só o santuário, mas a vegetação que engloba aqui todo o entorno do santuário, isso é uma riqueza muito grande para todos nós e para toda a região. Então eu sou eternamente grato por toda essa movimentação”, disse.
Assim como o gestor do município, o padre frisou que nem toda a vegetação se recuperou, visto que muitas árvores nativas morreram no incêndio, mas que a serra segue em plena recuperação.
Além da força da própria natureza, que se encarregou de renovar a vida no local, o trabalho de reflorestamento das espécies de árvores consumidas pelas chamas segue constante.
“Nós estamos fazendo um reflorestamento de algumas coisas naturais como a aroeira, algumas plantas que morreram, mas, no geral, nós tivemos uma grande recuperação”, conta.
Além da vegetação, o incêndio também matou animais da região. Apesar disto, o padre conta que muitos deles, principalmente os macacos, que também são uma atração do local, sobreviveram e retornaram ao santuário.
“Diminuiu, mas de vez em quando eles aparecem por aqui. Como agora no período da pandemia o pessoal não vem, eles também ficam um pouco afastados. No momento em que voltar o pessoal, eles voltam também. Eles estão por aqui, todos os dias a gente encontra com eles aqui no entorno da serra”, explicou.
No silêncio, provocado pela ausência de romeiros no Santuário, pudemos ouvir a vida ao redor em sua plenitude. Pássaros, insetos e outros animais nativos, promoveram a trilha sonora perfeita para nos mostrar com clareza que, apesar das dificuldades, a natureza sempre encontra um caminho para ressurgir.

Veja vídeo: 

*Fonte: Mossoró Hoje - Por Anna Paula Brito e Cezar Alves.

CORONAVÍRUS: RN registra 57.072 casos confirmados e 2.036 mortes, sendo 05 nas últimas 24 horas

Foto: Reprodução
A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quinta-feira, 13. Os casos confirmados são 57.072.
Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, foram registrados no total 2.036, dos quais cinco nas últimas 24 horas, há ainda 312 mortes em investigação.

APODI-RN: ÚLTIMO BOLETIM DO NOVO CORONAVÍRUS DIVULGADO ONTEM


SÃO JOSÉ DE MIPIBU-RN: MOTORISTA EMBRIAGADO ATROPELA CASAL NA BR-101; MULHER MORRE

Radimila Fernanda, de 29 anos, foi atropelada enquanto caminhava na BR-101 — Foto: Cedida pela Família
Um casal foi atropelado na tarde desta quarta (12) enquanto caminhava às margens da BR-101, em São José de Mipibú, na Grande Natal. Radimila Fernanda Araújo, de 29 anos, morreu no local. O marido foi socorrido com vida. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista que atropelou o casal estava embriagado e fugiu do local do acidente.
O casal morava na comunidade Areia Branca e costumavam caminhar todas as tardes no acostamento da rodovia. O atropelamento aconteceu a cerca de 500 metros do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Outras três pessoas que acompanhavam o casal não foram atingidas. Os policiais viram o acidente e perseguiram o motorista, que dirigia uma pick-up vermelha. Ele foi preso em Parnamirirm.
A pick-up foi apreendida pela PRF e o condutor levado a delegacia de plantão em Natal, onde foi ouvido. A PRF realizou o teste de alcoolemia duas vezes. No primeiro, foi registrado o índice de 0,84 mg/l (miligramas de álcool por litro de ar expelido) e o segundo, 0,77 mg/l. Em ambos, a quantidade de álcool está acima do permitido que é 0,33 mg/l, e já é considerado pela legislação crime de trânsito. 

Condutor que provocou acidente dirigia uma pick-up vermelha — Foto: Sérgio Henrique Santos/Intertv Cabugi
“Ele vai responder por homicídio culposo, associado a alcoolemia, que é um agravante. A pena é de 5 a 8 anos de reclusão e o crime é inafiançável. Além disso, ele se evadiu do local sem prestar socorro e também causou lesões graves na outra vítima”, explica a Cíntia Azevedo, agente da PRF.
O marido de Radimila foi socorrido ao pronto-socorro do Hospital Clóvis Sarinho com uma fratura no fêmur. 


*Do G1 RN

Operação do MP combate atuação de narcomilícia em Pipa e Sibaúma; mandados são cumpridos no RN e PE

Operação do MP combate atuação de narcomilícia em Pipa e Sibaúma; mandados são cumpridos no RN e PE — Foto: MPRN/Divulgação
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) deflagrou nesta quinta-feira (13) a operação Occupatio Bellica, com o objetivo de combater a atuação de uma narcomilícia nas praias da Pipa e de Sibaúma, em Tibau do Sul, litoral Sul potiguar.
Ao todo, foram cumpridos 8 mandados de prisão preventiva e outros 11 de busca e apreensão em Natal, Goianinha e Tibau do Sul e ainda na cidade pernambucana de Joboatão dos Guararapes, na Grande Recife. A ação teve o apoio da Polícia Militar.
Occupatio Bellica é uma expressão em latim que se refere a práticas das Idades Antiga e Média de ocupações de propriedade por meio de violência. O grupo preso nesta quinta é investigado desde 2019 por realizar invasões em terrenos e propriedades alheias localizados na Pipa e em Sibaúma utilizando ameaças.
A investigação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPRN, foi iniciada com a finalidade de apurar possível crime de constituição de milícia privada na Pipa. Ainda segundo informações do MP, além das invasões ilegais e ameaças, o grupo mantém ligações com uma facção criminosa e com traficantes de drogas, o que configura a constituição de uma narcomilícia.
Durante as investigações, o MPRN descobriu em que, após invadir os terrenos, o grupo desmatava os locais e construía edificações em um prazo inferior a 48 horas com o objetivo de simular uma situação já concretizada para tentar usucapir os terrenos, tudo isso sem autorização e em desacordo com determinação legal.
De acordo com o MP, as áreas invadidas e desmatadas ilegalmente, em seguida, eram postas à venda por valores que variavam entre R$ 10 mil e R$ 500 mil.
Para o MPRN, os crimes cometidos pelo grupo afeta a todos em Tibau do Sul, seja o morador local, os proprietários dos terrenos invadidos, os vizinhos, o meio ambiente, o setor imobiliário, a imagem do município, a Prefeitura que não tem impostos arrecadados e ainda o turismo, o que reflete diretamente na economia da localidade.
As provas obtidas pelo MPRN demonstram que o grupo integra uma milícia privada, contribuindo e concorrendo direta ou indiretamente, para o cometimento dos mais diversos crimes e esquema criminoso das invasões de terrenos.

Operação do MP combate atuação de narcomilícia em Pipa e Sibaúma; mandados são cumpridos no RN e PE — Foto: MPRN/Divulgação
Operação do MP combate atuação de narcomilícia em Pipa e Sibaúma; mandados são cumpridos no RN e PE — Foto: MPRN/Divulgação

*Do G1 RN

Governo do RN decreta luto oficial de três dias em razão das vítimas da Covid-19

RN ultrapassa a marca de 2 mil mortos por Covid-19 — Foto: Robson Rocha/Estadão Conteúdo
O Governo do RN decretou luto oficial de três dias em todo o Estado em solidariedade às famílias dos mais de dois mil potiguares que perderam a vida em razão da Covid-19. O decreto foi publicado nesta quarta-feira (12) em edição extraordinária do Diário Oficial do RN. O documento foi assinado pelos secretários/secretárias e dirigentes que compõem a equipe de Governo.

Mapa do Coronavírus: veja os casos e mortes em sua cidade
De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) desta quarta (12), o RN tem 56.572 casos confirmados e 2.019 mortes por Covid-19.
O Governo do RN lamenta profundamente a perda de tantas vidas e, nesse momento de profundo pesar, presta condolências a todos que ainda se recuperam do revés ocasionado pelos óbitos de seus familiares, inesperadamente ocorridos em todo o território potiguar.
Nas redes sociais, a governadora Fátima Bezerra se solidarizou com as famílias e ressaltou o trabalho realizado pelo Governo para preservar a vida do povo potiguar. “Esse é um dia em que queremos expressar mais uma vez nosso pesar e nossa solidariedade às famílias enlutadas no RN. Mais de dois mil potiguares já perderam a vida em decorrência da covid 19. E todo o esforço e o trabalho incansável que temos desenvolvido estão voltados, desde o princípio, para mitigar essa realidade tão dolorosa. Nosso governo tem como missão cuidar do povo potiguar e não temos medido esforços, políticas públicas e ações coordenadas para fazê-lo”, disse a Governadora. 


*Do G1 RN

IFRN: Reitor pro tempore anuncia retomada das aulas

“Autoriza, em caráter excepcional, o uso do Ensino Remoto Emergencial em todos os cursos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte”. Com essa epígrafe, o IFRN anunciou, na Resolução nº 39/2020 do seu Conselho Superior (Consup), o uso do Ensino Remoto Emergencial e a retomada do calendário acadêmico da Instituição. A medida* foi tomada pelo presidente do Conselho, o professor Josué Moreira, reitor pro tempore do IFRN.
Sem data definida, o retorno autorizado pela gestão da Reitoria pode acontecer em uma das quatros opções discutidas na última reunião do Comitê de Ensino (Coen): 31 de agosto, 14, 21 ou 30 de setembro, a depender da organização dos campi, de acordo com suas realidades, disse Josué. Como suporte e orientação, foram designadas duas comissões:
Portaria nº 1187, de 7 de agosto de 2020: comissão responsável pela elaboração do calendário acadêmico de referência para o retorno das aulas de forma remota. É formada por Samuel Rodrigues Gomes Júnior (pró-reitor de Pesquisa), José Ribeiro de Souza Filho (pró-reitor de Ensino), Allyson Amilcar Angelus Freire Soares (diretor acadêmico de Gestão e Tecnologia da Informação – Campus Natal-Central), Francisco Aldrin Armstrong Rufino Membro (diretor acadêmico do Campus São Gonçalo do Amarante) e Úrsula Lima Brugge (da Diretoria Pedagógica, setor ligado a Pró-Reitoria de Ensino);
Portaria nº 1207, de 11 agosto de 2020: comissão responsável pela elaboração das Diretrizes Pedagógicas para retorno às aulas, na forma remota. É formada por José Flávio de Freitas (diretor acadêmico de Ciências – Campus Natal-Central), Carmem Ariane Filgueira de Medeiros Guerra, Luciana Medeiros da Cunha (diretora acadêmica – Campus Ipanguaçu), Plácido Antônio de Souza Neto (diretor de Ensino – Campus Natal-Central) e Rejane Bezerra Barros (representando as Equipes Técnico-Pedagógicas do Instituto).

MOSSORÓ-RN: 153 MORTES VIOLENTAS EM 2020 - JOVEM É MORTO A TIROS NO BELO HORIZONTE

O crime aconteceu por volta das 21h30m de sábado, 24 de outubro, na Rua João Damásio, no bairro Belo Horizonte em Mossoró no Rio Grande do N...