quarta-feira, 10 de junho de 2020

MOSSORÓ-RN: 88º HOMIC-IDIO EM 2020 - HOMEM É EXECUTADO NO CONJUNTO VINGT ROSADO

Um homem identificado como Nilson Aparecido da Silva de 32 anos de idade, natural da cidade de São Jorge do Patrocínio no estado do Paraná, foi encontrado morto na tarde desta quarta feira 10 de junho de 2020, em um terreno baldio na rua José Lins no Conjunto Vingt Rosado, bem próximo a antiga Base da ROCAM.
Segundo informações a Polícia Militar foi acionada para o local, onde foram ouvido por moradores tiros de arma de fogo. A PM isolando o local, aguardando o ITEP e Polícia Civil.
Mossoró contabiliza 88 mortes por homicídio em 2020. 


Mais imagens


*Passando na Hora

ESTUDANTES E PROFESSORES DE MOSSORÓ PARTICIPAM DO THE WALL DO CALDEIRÃO DO HULK

Programa que vai ao ar no próximo sábado (13), foi gravado antes da pandemia.
No próximo sábado (13) o programa Caldeirão do Hulk, da Rede Globo, vai contar com a participação de três mossoroenses.
A estudante Ekarinny Medeiros e os professores Felipe Ribeiro, da Ufersa, e Kiara Dantas da Escola Estadual Professor Hermógenes Nogueira da Costa, participaram do quadro The Wall, que vai ao ar a partir das 16h.
No quadro, os participantes têm como desafiante a parede, onde aparecem as perguntas e de onde caem bolas coloridas, que podem ajudar ou atrapalhar (as bolas verdes aumentam o saldo dos jogadores, enquanto as bolas vermelhas têm efeito contrário, podendo acabar com toda a quantia acumulada).
Por questões contratuais, os trio não pode conceder entrevistas sobre o tema até que o programa tenha sido transmitido, mas adiantam que serão momentos de muita emoção.
Pra quem não lembra, Ekarinny Medeiros, sob a orientação da professora Kiara, ganhou 19 prêmios no Brasil e mais dois nos Estados Unidos com o projeto de um Cateter Bioativado, produzido a partir de líquido extraído da castanha do caju, com o objetivo de diminuir infecções sanguíneas em pacientes de UTIs e em procedimentos de hemodiálisecajem feira de ciências nos EUA
O quadro The Wall, do Caldeirão do Hulk, visa incentivar boas iniciativas e seleciona participantes que tenham projeto com alguma relevância para a sociedade. Caso tenham sorte contra a parede, os participantes podem sair com até R$ 1,7 milhão em prêmios.
O programa foi gravado antes da pandemia, mas só vai ao ar a partir das 16h deste sábado (13).

*Mossoró Hoje

Hemonorte convoca doadores para repor estoque de sangue, que está crítico

Com estoque crítico, o Hemocentro do RN (Hemonorte) está convocando doadores e sensibilizando a população do Estado para abraçar a causa da doação e aumentar o número de bolsas de sangue.
Os interessados devem comparecer ao Hemonorte, localizado na Av. Alexandrino de Alencar, 1800, Tirol, (próximo ao Parque das Dunas/Bosque dos Namorados) – de segunda a sábado, das 7h às 18h.
No momento, a unidade conta com pouco mais de 200 bolsas, o que está comprometendo as demandas transfusionais. Para normalizar o estoqu,e o Hemonorte precisa ter diariamente mil bolsas de sangue prontas para uso.
Para receber os doadores, o Hemonorte tomou as medidas necessárias para evitar o aglomerado de pessoas e disponibilizou álcool em gel em todas as etapas do processo, além de ter intensificado a higienização dos ambientes, ressaltando que o uso de máscara é item obrigatório.
“Doar sangue é um ato voluntário e seguro que não provoca risco ou prejuízo à saúde. O consumo de sangue é diário e contínuo, pacientes que estão fazendo outros tipos de tratamento como o câncer e outras doenças graves estão precisando de sangue para viver”, falou a Diretora do Departamento de Apoio Técnico do Hemonorte, Miriam Mafra.
Para doar é preciso que a pessoa tenha de 16 a 69 anos, esteja em boas condições de saúde e pese mais de 50 quilos. Recomenda-se evitar o consumo de alimentos gordurosos quatro horas antes da doação. A ingestão de bebidas alcoólicas tem de ser interrompida 12 horas antes da doação.

ASSU-RN: [VÍDEO] ANGÚSTIA, ORAÇÕES, E A VITÓRIA. CAROL OLIVEIRA VENCE A COVID-19 E AGRADECE TODA EQUIPE DA SAÚDE

Carol estava internada no Hospital Wilson Rosado em Mossoró.
Por alguns minutos daquela quinta-feira, 28/05/2020, pensei que fosse morrer! Queria fazer algo natural, mas não conseguia... Respirar!!! Alguma coisa parecia pressionar o meu peito, não permitindo que o ar chegasse aos meus pulmões.
Foi terrível... Desesperador.
Testei positivo para Covid-19!!
Fui internada. Isolada, longe dos familiares, amigos e rostos conhecidos, aprendi a encontrar conforto nas enfermeiras que, por trás de roupas e máscaras de proteção, entravam diariamente no quarto para verificar meus sinais vitais, aplicar medicações e realizar exames.
Foram 8 dias tendo que lidar não só com a debilidade física (eu não podia fazer nenhum esforço, inclusive falar), mas também com o abalo emocional e psicológico que essa doença causa... Me sentia fraca e impotente.
Foram dias difíceis; de pequenos passos até a alta médica.
Lutei e venci! Mas não foi sozinha!!! Além de ter Deus, tive a sorte de ter pessoas que me ajudaram na batalha contra esse vírus, de modo que não poderia deixar de registrar aqui os meus mais profundos agradecimentos.
Primeiramente, gratidão a Deus, por ter me sustentado, me dado forças para lutar, e restaurado a minha saúde, me concedendo a benção de continuar desfrutando do dom da vida!
Aos meus familiares, irmãos, cunhadas, amigos e colegas, que, mesmo distantes, se fizeram presentes diariamente por meio de orações e mensagens de apoio e carinho.
Ao meu namorado Márcio, que mesmo se recuperando da mesma doença, esteve comigo nos 2 últimos dias de internação, cuidando de mim com todo amor, me trazendo, então, de volta ao meu lar.
À minha acompanhante, Renata, que cuidou de mim com o maior carinho e dedicação. À equipe da UPA de Assu, nas pessoas de Dr. Elder Freire, das enfermeiras Ceição, Renata e Márcia, e da técnica de enfermagem Iara, que com competência e humanidade me deram todo atendimento necessário até a minha internação.
À equipe do hospital Wilson Rosado, na pessoa de Dr. Ziraldo, médico de inteligência ímpar que cuidou da minha saúde com atenção, responsabilidade e um bom humor que tornou o processo menos doloroso; a enfermeira Eveline, que, com suas mãos de anjo, deixou os exames diários de gasometria menos sofríveis; e aos demais enfermeiros a quem agradeço nas pessoas de Bruna e Angela, que sempre me trataram com empatia e humanidade.
Ainda não estou totalmente recuperada, mas chegarei lá!!
#covid19 #deusmecurou #euvenciacovid19 #coronavirus
@ Em Assu Rio Grande Do Norte 


*Passando na Hora

UFERSA: GOVERNO FEDERAL SUSPENDE ELEIÇÕES PARA REITOR QUE SERIAM REALIZADAS NA PRÓXIMA SEGUNDA (15)

Fachada da Ufersa
O Governo Federal suspendeu as eleições para reitor e vice-reitor em todas as instituições federais, devido ao período de pandemia do coronavírus. A Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), que fica em Mossoró, no Oeste potiguar, teria votação para os cargos na próxima segunda-feira (15). A Medida Provisória foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), nesta quarta-feira (10).
O Ministro da Educação Abraham Weintraub escolherá reitor e vice-reitor pro tempore, que ficará no cargo até que novas eleições sejam determinadas. A medida se aplicará em todas as instituições de âmbito federal em que o mandato dos reitores chegarem ao fim.
Recentemente, a nomeação de um reitor pro tempore no Instituto Federal do Rio Grande do Norte causou polêmica, devido já ter ocorrido eleição no IF. A nova MP não será aplicada às instituições federais de ensino cujo processo de consulta à comunidade acadêmica para a escolha dos dirigentes tenha sido concluído antes da suspensão das aulas presenciais. O prazo da determinação é que até o retorno da normalidade pós-pandemia as consultas acadêmicas e formação de lista tríplice em todo o país para escolha de dirigentes das instituições federais estejam suspensas.

[VÍDEO] "ELA VAI ENTRAR AQUI PRA MORRER"; DIZ MÉDICA A FAMILIARES DE IDOSA COM SUSPEITA DE COVID-19 QUE MORREU APÓS SEIS DIAS ESPERANDO UTI NO RN

Iraci Fonseca tinha 84 anos e estava em um leito de enfermaria, na cidade de São Gonçalo do Amarante.
Iraci Fonseca tinha 84 anos — Foto: Cedida
Seis dias após ser internada no Hospital Maternidade Belarmina Monte, em São Gonçalo do Amarante, Grande Natal, Iraci Fonseca faleceu com suspeita de Covid-19, nesta terça-feira (9). Na quarta-feira (3), quando tentava a internação, uma médica da unidade chegou a afirmar aos familiares da idosa: "Ela vai entrar aqui para morrer". (Veja vídeo abaixo)
A idosa, de 84 anos, estava com pneumonia e sentia febre, cansaço, falta de ar e dores no corpo, sintomas do novo coronavírus. Ela faleceu no hospital e os familiares ainda aguardam o teste da Covid-19.
A taxa de ocupação de leitos críticos para tratamento da Covid-19 na Região Metropolitana de Natal oscila entre 97 e 100%, na manhã desta terça-feira (9). Em todo o Rio Grande do Norte, 54 pacientes esperam vaga em um leito de terapia intensiva (UTI) ou de cuidados intensivos (UCI), como Dona Iraci aguardava.
O sepultamento ocorreu na manhã desta terça no bairro Santo Antônio, em São Gonçalo do Amarante. A cerimônia seguiu todos os protocolos de segurança para evitar a propagação da Covid-19, mesmo que o resultado ainda não tenha sido confirmado. "É muito triste. Agora ela descansou de todo esse sofrimento", lamentou Luciana Fonseca, filha da idosa.
De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Sesap na segunda-feira (8), o Rio Grande do Norte registrava 10.888 casos confirmados e 431 mortes causadas pelo novo coronavírus. Em São Gonçalo do Amarante, cidade de Dona Iraci, 511 casos foram confirmados e 20 pessoas morreram com a Covid-19.


*Do G1 RN

APÓS ESPERAR SETE DIAS POR UTI EM SALA IMPROVISADA, IDOSA DE 67 ANOS MORRE COM COVID-19 NO RN

Francisca Maria de Fátima tinha 67 anos e aguardava por leito internada no setor de reanimação no Hospital Santa Catarina, na Zona Norte.
Francisca Maria de Fátima dos Santos, de 67 anos, morreu com coronavírus à espera por leito de UTI em Natal — Foto: Cedida pela família
Diagnosticada com Covid-19, Francisca Maria de Fátima dos Santos, 67 anos, morreu na noite desta segunda-feira (8) em uma sala improvisada do Hospital Santa Catarina, na zona Norte de Natal, onde estava internada, esperando ser transferida para uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). A unidade de saúde, mesmo não sendo uma referência no tratamento contra o coronavírus, tem internado pessoas com a doença nas últimas semanas.
Francisca era hipertensa, diabética e tinha quadro de osteoporose, o que agravava sua situação. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap), ela estava na prioridade 2 da fila de espera - que são pacientes que precisam de internação em leito crítico.
Segundo a família, a paciente deu entrada na unidade no dia 2 de junho e foi colocada no oxigênio. Sem apresentar melhoras, os médicos afirmaram que ela precisava de uma UTI. Os profissionais então improvisaram um leito com alguns equipamentos no setor de hemodiálise, onde ela ficou em isolamento. Depois de alguns dias, ela foi transferida para outra sala improvisada, no setor de reanimação, para que a hemodiálise pudesse ser liberada.
"Eles montaram uma espécie de UTI improviada, mas ela não tinha acesso a médico nefrologista, nem fisioterapeuta, que ela teria em uma UTI de verdade. E eles não queriam colocá-la na UTI geral do hospital, para não contaminar os outros pacientes, já que lá não é hospital especializado em Covid", disse o genro de Francisca, Grei Xavier.
"O que mais dói para a família é o descaso, implorar e não conseguir a vaga. Faltou ter esse suporte", declarou ele
Francisca Maria de Fátima dos Santos, 67 anos, era funcionária pública federal aposentada. Trabalhou no setor administrativo do Hospital Universitário Onofre Lopes, como recepcionista. Deixou marido, um casal de filhos e dois netos.
Segundo a família, o falecimento ocorreu às 19h45, mas o corpo ainda estava no hospital na manhã desta terça (9), porque a funerária tinha 28 sepultamentos a serem realizados antes do enterro dela, previsto para ocorrer às 16h.
Pelo menos 51 pessoas confirmadas ou com suspeita de coronavírus estavam na fila de espera por um leito de UTI, às 9h47 desta terça-feira (9), segundo o Regula RN - um sistema usado pelo estado para gerenciar os leitos disponíveis na rede pública. Eram 4 pessoas na prioridade 1 e 47 na prioridade 2. Ainda há pacientes das prioridades 3 e 4 que também precisam de leitos, porém, mais simples, clínicos. Nestes últimos grupos, são 72 pessoas.
*G1 RN

MINUTOS DE SABEDORIA!!!

NÃO  se impressione com seus sonhos!
Isto poderia levá-lo a extravagâncias ridículas.
Viva acordado no bem, e os sonhos serão belos e bons.
Se alguma característica de verdade lhe for revelada num sonho, aceite-a com simplicidade.
Mas não se deixe levar a interpretações supersticiosas.
Procure sempre o lado bom das coisas.

MOSSORÓ-RN: 153 MORTES VIOLENTAS EM 2020 - JOVEM É MORTO A TIROS NO BELO HORIZONTE

O crime aconteceu por volta das 21h30m de sábado, 24 de outubro, na Rua João Damásio, no bairro Belo Horizonte em Mossoró no Rio Grande do N...