terça-feira, 14 de abril de 2020

PARÁ: GOVERNADOR, HELDER BARBALHO ESTÁ COM CORONAVÍRUS

Reprodução facebook/Istoé
O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB) está com coronavírus. O resultado do terceiro teste feito por ele saiu nesta terça-feira (14) e deu postivo.
O primeiro teste de Helder havia dado inconclusivo e o segundo, negativo. Mesmo assim, ele foi recomendado a fazer um novo exame. O governador segue sem sintomas.
No último sábado, o secretário de Saúde do Pará, Alberto Beltrame, também testou positivo para a covid-19. Desde então, Helder tem trabalhado de casa.
Ele é o segundo governador a testar positivo para o coronavírus hoje. No início da tarde, Wilson Witzel (PSC), do Rio, publicou um vídeo em suas redes informando que foi contaminado.


*JBelmont.

RIO DE JANEIRO: Governador, Wilson Witzel está com o novo coronavírus

NOTA OFICIAL

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), anunciou em um vídeo postado em redes sociais nesta terça-feira (14) que está com o novo coronavírus.
“Quero comunicar a todos que desde sexta-feira não venho me sentindo bem e pedi para que fosse feito o testo do Covid e hoje veio o resultado positivo. Tive febre, dor de garganta, perda de olfato e, graças a Deus, estou me sentindo e bem.”
Witzel disse que continuará trabalhando do Palácio Laranjeira, a residência oficial do governador, seguindo “restrições” e “recomendações médicas”.
“Peço mais uma vez para que fiquem em casa porque a doença, como todos podem estar percebendo, não escolhe ninguém, e o contágio é rápido. Muito obrigado”, completou.

*Do G1

Duplo homicídio é registrado entre Catolé do Rocha e João Dias

Um casal foi encontrado morto por volta das 10h00 da manhã desta terça-feira, 14 de abril, na estrada que dar acesso entre as cidade de Catolé do Rocha-PB e João Dias -RN.
De acordo com informações, as vítimas foram identificadas por Clóvis Laércio da Silva, de 46 anos e Quelma Mesquita Dantas, que são residentes na cidade de João Dias. Os dois trafegavam em uma motocicleta Honda POP de cor vermelha, e foram encontrados caídos ao solo em uma passagem de um riacho na estrada com marcas de tiros pelo corpo. Próximo as vítimas foi encontrado cápsulas de pistola calibre 380.
A Polícia foi acionada e se encontra no local aguardando a chegada da perícia.
Ainda de acordo com informações, ‘Clovis’ trabalhava em um bar que fica entre a Igreja Matriz e o parque do povo da cidade de João Dias. O casal deixa três filhos.
Catolé do Rocha chega ao seu 10º homicídio no ano de 2020. Ontem uma dupla tentativa de homicídio também registrado na cidade, deixou um morto e outro saiu baleado e socorrido para o hospital. (clique aqui para mais informações).

*Fonte: Catolé em Foco

*Via: O Câmera

BRASÍLIA: MANDETTA AO VIVO


MACAÍBA-RN: Caminhão fica atravessado na BR-304 após acidente e interrompe trânsito

Caminhão tombou após passar por lombada — Foto: PRF/Divulgação
Um caminhão deixou parte da Reta Tabajara, bloqueada na BR-304 em Macaíba, região metropolitana de Natal, após um acidente que aconteceu no fim da tarde de segunda-feira (13). Ninguém se feriu gravemente. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
O motorista do caminhão perdeu o controle do veículo após ser ultrapassado por outro carro que estava em alta velocidade. Após frear, o caminhão tombou ao passar por uma lombada. O acidente envolveu ainda outro veículo que colidiu na traseira do caminhão-baú.
O trecho ficou lento na rodovia, que liga a capital a praticamente todas as demais regiões do estado. O trânsito fluiu no sistema "pare e siga" até a liberação da via, que só aconteceu por volta das 21h.


*VNT

Arcebispo emérito da Paraíba Dom Aldo Pagotto morre aos 70 anos no Ceará

Arcebispo emérito da Paraíba estava internado na UTI de hospital particular de Fortaleza após agravamento de crise de insuficiência respiratória.
Arcebispo emérito da Paraíba Dom Aldo Pagotto morre aos 71 anos no Ceará — Foto: Thiago Leon/Santuário de Aparecida
O arcebispo emérito da Paraíba Dom Aldo di Cillo Pagotto morreu na tarde desta terça-feira (14), em Fortaleza, Ceará. Dom Aldo estava internado na Unidade de Terapia Intensiva de um hospital particular da cidade após o agravamento de uma crise de insuficiência respiratória. A informação foi confirmada pelas Arquidioceses da Paraíba e do Ceará.
De acordo com a Arquidiocese da Paraíba, o religioso apresentava sintomas semelhantes ao da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, mas não há confirmação da infecção. O G1 tentou contato com a Secretaria de Estado de Saúde do Ceará para saber se o caso foi notificado, mas não conseguiu contato.
Dom Aldo morreu aos 70 anos, em Fortaleza, onde viveu desde que renunciou o cargo de arcebispo. 





*JBelmont

TABOLEIRO GRANDE- RN: PREFEITURA INICIA DISTRIBUIÇÃO DE KITS DE ALIMENTOS A TODOS OS PAIS OU RESPONSÁVEIS DE ALUNOS DA REDE MUNICIPAL

Diante da crise econômica que o isolamento social ocasionou a Prefeitura Municipal de Taboleiro Grande, através da Secretaria de Educação e do Conselho de Alimentação Escolar - CAE, buscando meios de minimizar esse impacto, inicia nesta terça-feira, 14, a distribuição kits de alimentos para todas as famílias cujos filhos estão matriculados na rede municipal de ensino.
Uma equipe foi formada por servidores para montar aproximadamente 500 kit’s com alimentos provenientes do Programa Nacional de Alimentação Escolar - PNAE e também com recursos próprios. Os alimentos foram recolhidos das escolas, que estão fechadas, e complementadas com os alimentos armazenados no almoxarifado da prefeitura e com outros itens adquiridos.
Cada kit contém: 2 kg de arroz, 2 pacotes de macarrão, 2 vitamilho, 1 kg de feijão, 1 kg de farinha de trigo especial, 1 kg de açúcar, 1 kg de sal, 1 pacote de leite, 1 pacote de bolacha salgada, 1 margarina de 500 mg e 1 bandeja de ovos de 15 und.
A gestão nossa maior obra é cuidar bem das pessoas segue trabalhando incansavelmente para minimizar os danos sofridos pelas famílias taboleirenses nesse período de pandemia do novo coronavírus.


*João Moacir. 

😷 LIVE DO COSMILHO 😷 VALE A PENA ASSISTIR!!!


UMARIZAL-RN: APENADO USANDO TORNOZELEIRA ELETRÔNICA É MORTO A TIROS DENTRO DE CASA DURANTE A MADRUGADA

A cidade de Umarizal, situada no alto oeste potiguar amanheceu o dia contabilizando mais um homicídio no ano de 2020, dessa vez a vítima foi o apenado Jenner Everton da Silva, 36 anos, conhecido popularmente por "Geninho".
Segundo familiares, quatro elementos chegaram por volta das 03:00 horas da madrugada na casa situada na Rua João Abílio, 315, e após anunciarem que se tratava de policiais, cortaram o cadeado do portão, quebraram a porta e invadiram a casa, todos com armas em punho e lanternas, foram até o quarto onde Geninho dormia na companhia de uma irmã e o executaram com vários tiros de pistola calibre 380.
Geninho havia passado quase dez anos preso por crimes de prátia de roubos e tráfico de drogas e tinha ganhado o semiaberto com o uso de tornozeleira eletrônica no dia 27 de janeiro de 2020. "Ele me prometeu que não estava mais envolvido em coisas erradas", Disse a mãe da vítima.
A investigação de mais esse homicídio na cidade ficará a cargo da equipe da Polícia Civil que tem como Delegado titular o Bel. Christiano Othon. 

Elementos arrombaram a porta da residência

*Umarizal News.

ITAÚ-RN: FORRÓ DA MÍDIA ARRECADA UMA TONELADA DE ALIMENTOS PARA MÚSICOS E FAMÍLIAS CARENTES

A banda Forró da Mídia de Itaú-RN conseguiu arrecadar durante sua live cerca de uma tonelada de alimentos, que foram doadas a músicos da região do Alto Oeste Potiguar e também a famílias carentes da região. 
A informação foi confirmada pelo empresário Jailson Brito e que, depois mostrou através de vários vídeos momentos da distribuição aos músicos. 
Foi um belo gesto da Banda para com todos. 

*Márcio Melo

GOVERNO QUER QUE MANDETTA PEÇA DEMISSÃO

Bolsonaro
A decisão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, de aumentar o confronto com Jair Bolsonaro afetou o apoio que ele detinha junto à cúpula militar do Palácio do Planalto e estimulou o presidente a intensificar a estratégia para forçá-lo a pedir demissão do cargo.

Desde a semana retrasada, Bolsonaro avalia trocar o comando do Ministério da Saúde, mas vinha sendo demovido até a semana passada pela cúpula fardada. O conselho era para que ele fizesse uma mudança apenas em junho, ao término da fase mais aguda da pandemia do coronavírus.

Assim, além de não descontinuar políticas em andamento para o combate à doença, ele não correria o risco de ser responsabilizado sozinho caso o sistema de saúde entre em colapso.​​

No domingo (12), no entanto, o ministro criou o que militares do governo consideraram uma “provocação desnecessária”.

Em entrevista à Rede Globo, Mandetta disse que o brasileiro não sabe se escuta ele ou o presidente sobre como se comportar e alertou que os meses de maio e junho serão os mais duros.

Ele também criticou aglomerações em padarias. Na quinta-feira (9), novamente ignorando as recomendações de isolamento social, Bolsonaro entrou em uma padaria para fotos e cumprimentos a apoiadores.

Para a cúpula fardada, Mandetta fez um confronto público com Bolsonaro, não obedecendo à hierarquia do cargo, e reacendeu um conflito que havia diminuído de temperatura.

A avaliação foi de que o ministro desprezou o esforço do núcleo militar para que ele fosse mantido no cargo e está preocupado apenas com a sua imagem pública, em uma tentativa de se candidatar a governador de Mato Grosso do Sul em 2022.

Ao longo desta segunda-feira (13), a postura de Mandetta na entrevista à Rede Globo foi alvo de queixas feitas ao presidente por ministros militares. Segundo relatos feitos à Folha, se antes a opinião da maioria era pela sua permanência, agora passou a ser pela sua troca.
 
Mandetta
Com o diagnóstico de que Mandetta perdeu um apoio de peso, o presidente avaliou, de acordo com deputados bolsonaristas, ter sido aberta uma nova brecha para intensificar a estratégia de pressioná-lo a pedir exoneração. Ao forçá-lo a se demitir, Bolsonaro quer evitar que Mandetta saia do governo com a imagem de mártir.

Segundo assessores presidenciais, a ideia é que a partir desta terça-feira (14) o ministro seja escanteado de reuniões, não participe de decisões do governo e que seja dado mais​ espaço a quem lhe faz um contraponto público.

A defesa feita por integrantes do núcleo ideológico, por exemplo, é para que o presidente faça questão de sempre citar tanto em entrevistas à imprensa como em postagens nas redes sociais as opiniões do deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) e da médica Nise Yamaguchi.

Os dois são cotados para substituir Mandetta e defendem o uso de hidroxicloroquina para casos de coronavírus em estágio inicial, além da adoção do que chamam de quarentena vertical, que preserve apenas os grupos de risco.

A repercussão negativa da entrevista também criou desconforto no Ministério da Saúde. Nesta segunda-feira, Mandetta evitou aparições públicas e não compareceu à entrevista que tem sido realizada diariamente no Palácio do Planalto para apresentar atualizações no cenário do coronavírus no país. Segundo aliados do ministro, ele submergiu para não ampliar o desgaste.

A ausência de Mandetta, cuja participação era prevista, não foi justificada e gerou estranheza inclusive entre outros integrantes da equipe ministerial, como Sergio Moro (Justiça), que compareceu à coletiva de jornalistas.

Os técnicos do Ministério da Saúde disseram, sem detalhes, que o ministro estava em uma reunião e tentaria chegar a tempo. Aliados de Mandetta reconhecem que a postura adotada por ele foi equivocada e defendem que ele evite novos confrontos.

Nesta segunda, questionado por jornalistas sobre a entrevista do ministro exibida no domingo (12), Bolsonaro disse que não assiste à Rede Globo e não quis comentar as declarações do auxiliar presidencial.

Segundo assessores palacianos, no entanto, no final da tarde de domingo Bolsonaro foi informado que Mandetta havia concedido uma entrevista à Rede Globo naquela tarde.

Segundo relatos feitos à Folha, ele assistiu ao conteúdo no Palácio da Alvorada e, para a surpresa de aliados, minimizou as declarações, avaliando que não foram graves.

Na tarde desta segunda, Bolsonaro participou ao lado do ministro da Defesa, Fernando Azevedo, de videoconferência com os responsáveis pelos dez comandos que discutem ações de combate ao coronavírus. O presidente deixou o ministério sem falar com a imprensa.

​A relação entre Bolsonaro e Mandetta nunca foi próxima, sempre foi protocolar. O ministro foi indicado ao cargo pelo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), aliado de primeira hora do presidente, mas hoje rompido com ele por divergências na conduta de combate ao coronavírus.

Pela falta de afinidade com Mandetta, Bolsonaro chegou a cogitar a sua substituição em setembro de 2019, mas desistiu ao constatar que ele tinha amplo apoio junto ao setor da saúde.

No início da pandemia do coronavírus, o presidente se queixou ao ministro de que ele deveria defender mais o governo e o repreendeu por ter participado de uma entrevista ao lado do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), adversário político de Bolsonaro.

Mandetta modulou sua retórica e passou a pregar a importância de a atividade econômica não parar. Ele, no entanto, não se dobrou à pressão do presidente contra a medida de isolamento social, o que iniciou o embate entre ambos.​

A crise com Mandetta abalou Bolsonaro. Segundo assessores presidenciais, pela primeira vez desde que assumiu o cargo, o presidente receou estar perdendo capital político ao constatar que parte da base bolsonarista nas redes sociais apoia o ministro.

De acordo com um aliado do presidente, preocupada com o marido, a primeira-dama Michelle Bolsonaro chegou a recomendar ao presidente que diminuísse o ritmo da ag​enda política para evitar um quadro de estresse.​

Mandetta já mandou recado a Bolsonaro que só deixa o cargo se for exonerado. Ele, no entanto, tem demonstrado sinais de cansaço com a relação conturbada. Segundo servidores da pasta, amigos e familiares de Mandetta têm defendido que ele peça demissão.

*FOLHAPRESS/BG

DEPOIS DA AUSÊNCIA DE MANDETTA EM COLETIVA, BOLSONARO NÃO FALA À IMPRENSA

O presidente Bolsonaro não falou nada à imprensa depois da ausência de Mandetta em coletiva. Sinal de distanciamento do presidente com o ministro, que deve acarretar em demissão.

FALTA EXPLICAÇÃO DA AUSÊNCIA DE MANDETTA EM COLETIVA

Foto: Crusoé - Ministro Mandetta
Depois da entrevista concedida ao Fantástico da rede Globo de Televisão, o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta foi impedido de participar da coletiva, que acontece costumeiramente.
Não há explicação oficial da ausência do ministro.

MOSSORÓ-RN: RESGATE DE DUAS VÍTIMAS DE ASSALTO DEIXADAS AMARRADAS NO MATO

Dois homens, (nomes preservados) vítimas de assalto foram amarrados e deixados dentro do mato nesta segunda feira 13 de abril, na comunidade de Curral de Baixo, na zona rural de Mossoró região Oeste Potiguar. As vítimas haviam saído do trabalho no final da tarde e se dirigiam para suas casas naquela comunidade, quando foram atacadas pelos assaltantes.
Eles foram amarrados e tiveram suas motos roubadas pelos criminosos. Na fuga foram surpreendidos pela Polícia Rodoviária Federal,que realizava patrulhamento na região, que fica as margens da BR 304 sentido Natal. Houve perseguição, mas os bandidos acabaram abandonando as motocicletas e fugindo a pé pelo mato.
Nas buscas pelos criminosos, os policiais rodoviários federais, acabaram encontrando as duas vítimas que estavam amarradas dentro do mato. A PRF conduziu as duas vítimas e as motos para a Delegacia da Polícia Civil de plantão, para registro do Boletim de Ocorrência e os procedimentos cabíveis. A População de Curral de Baixo vem sofrendo com os constantes assaltos e arrastões naquela comunidade.


*Fim da Linha.

PARNAMIRIM-RN: BODE É FLAGRADO PASSEANDO DE MÁSCARA PELAS RUAS DA CIDADE

AGORA RN - Em meio à pandemia do novo coronavírus, um bode foi flagrado passeando de máscara pelas ruas de Parnamirim, cidade da Grande Natal. A cena inusitada foi registrada neste domingo (12) e publicada no Twitter nesta segunda-feira (13).

CANGUARETAMA-RN: FESTA DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA É SUSPENSA POR CAUSA DA PANDEMIA

Canguaretama, RN suspende festa de aniversário  por conta do coronavírus - Foto: Reprodução/Internet
VNT - A Prefeitura de Canguaretama. no litoral Sul do Rio Grande do Norte, suspende a realização das festividades em alusão aos 135 anos de emancipação política do município em virtude da pandemia do coronavírus. O evento é comemorado anualmente na data de 16 de Abril.
A informação veio através do Decreto nº 10, de 08 de abril de 2020 publicado no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte no dia 09/04/2020 que dispõe sobre as medidas de enfrentamento e combate a pandemia do novo coronavírus , o Covid-19 no âmbito do Município de Canguaretama.

CONTAGEM DO CORONAVÍRUS NO ESTADO, NO BRASIL E NO MUNDO

MOSSORÓ-RN: 153 MORTES VIOLENTAS EM 2020 - JOVEM É MORTO A TIROS NO BELO HORIZONTE

O crime aconteceu por volta das 21h30m de sábado, 24 de outubro, na Rua João Damásio, no bairro Belo Horizonte em Mossoró no Rio Grande do N...