/* <![CDATA[ */ (function (doc

segunda-feira, 28 de março de 2022

Eduardo Leite diz que deixará governo do RS e fica no PSDB: 'Não é sobre as prévias, sobre o partido, é sobre o Brasil'

Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) — Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini
O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), anunciou nesta segunda-feira (28) que renunciará ao cargo e que permanecerá no partido. Ele deixa o governo próximo do dia 2 de abril, data limite dada pela Justiça Eleitoral para ter a possibilidade de concorrer à presidência da República. Caso optasse pela reeleição ao governo, não seria necessária a saída.

Leite não disse a qual cargo concorrerá na eleições de outubro, disse que está "se apresentando", mas relembrou as prévias do PSDB disputadas em novembro do ano passado – vencidas pelo governador de São Paulo, João Doria.

Nas últimas semanas, foi ventilada a saída de Eduardo Leite do PSDB para concorrer à presidência no PSD, partido de Gilberto Kassab.

"Não é sobre as prévias, sobre o partido, é sobre o Brasil. Não pode qualquer projeto outro estar acima do nosso sentimento de viabilizar uma alternativa para o país", disse Leite.

No sábado (27), o governador paulista João Doria defendeu a permanência de Leite no partido, mas chamou de "golpe" qualquer tentativa de colocá-lo como candidato à presidência pelo partido e relembrou das prévias.

"Diante de prévias realizadas com o amparo da Justiça Eleitoral, com investimentos também registrado na Justiça Eleitoral - foram R$ 10 milhões investidos para que o partido fizesse suas prévias – as prévias valem. Qualquer outro sentimento diferente disso é golpe", afirmou Doria.

Apesar de ter sido derrotado nas prévias do PSDB à Presidência da República, o governador segue cotado para disputar o cargo. Na última pesquisa Datafolha, divulgada na quinta-feira (23), Eduardo Leite aparece com 1% das intenções de voto no cenário sem o governador de São Paulo, João Doria.

Leite, que não disse a qual cargo pretende concorrer, afirmou ter telefonado para João Doria antes do anúncio de renúncia.

"A renúncia me abre muitas possibilidades e não me retira nenhuma. Então, é importante dizer, a lei eleitoral exige que nós estejamos fora de um cargo executivo, a não ser que a única alternativa que se visualize seja a da reeleição", comentou.

Sem mencionar Leite, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) disse nesta segunda que as prévias do partido devem ser respeitadas. O governador do RS, todavia, deixou em aberto a possibilidade de concorrer à Presidência, caso partidos aliados assim deliberem.

"As prévias são legítimas, nós respeitamos as prévias. Mas nós estaremos diante de uma discussão que envolve outros partidos políticos", ponderou o gaúcho.

Eduardo Leite ainda afirmou que deseja ser candidato à Presidência, mas que, para isso, depende de um projeto coletivo.

"Eu me sinto preparado, me sinto em condições, tenho vontade, tenho disposição para ser, sim, presidente. Mas ninguém é presidente pela sua mera vontade pessoal. Uma candidatura à Presidência não é levada por um projeto pessoal, ela é um projeto que tem que ser construído coletivamente", destacou.
Eduardo Leite e o vice, Ranolfo Vieira Júnior — Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini
Assim, o vice-governador, Ranolfo Vieira Júnior (PSDB), assumirá o Palácio Piratini. A transferência do cargo deve ocorrer na quinta-feira (31). Leite disse que o vice é "um grande nome para liderar" o projeto do partido para o estado nas eleições de outubro.

"Conhece o governo, conhece o estado. Está por dentro dos projetos, participou de cada passo. É um grande nome para dar continuidade este projeto e é o nome que eu defendo", sustentou Leite.

A prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas (PSDB), que foi vice e sucessora de Eduardo Leite no município, também é cotada. Contudo, ela negou, nesta segunda, o interesse em concorrer. "Agradeço aos líderes do meu partido e da sociedade que cogitaram meu nome para disputar o governo do estado, mas decidi completar meu mandato, meu trabalho e minha missão", disse.

A última vez que um governador do RS renunciou ao cargo para concorrer a outro posto foi em 1990, quando Pedro Simon (MDB) ingressou na disputa por uma vaga no Senado. O vice Sinval Guazzelli (MDB) assumiu o Palácio Piratini na época.


*Do G1 RS

GOVERNO SEM CORRUPÇÃO: Bolsonaro decide demitir general da Petrobras, dizem aliados de Silva e Luna

O general Joaquim Silva e Luna, presidente da Petrobras - Adriano Machado
BRASÍLIA - O presidente da Petrobras, general Joaquim Silva e Luna, recebeu nesta segunda-feira (28) a comunicação de que deixará o comando da estatal, informaram aliados do militar à Folha.

Assessores do Ministério de Minas e Energia também confirmaram a informação.

A demissão do militar ocorre após uma série de desgastes com o presidente Jair Bolsonaro (PL) em razão do mega-aumento dos preços nos combustíveis promovido pela empresa.

Em seu lugar, deve assumir Adriano Pires, atual diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura.

O nome dele, porém, enfrenta resistência em alas do governo.

Mais informações em instantes.

*Folha de São Paulo

CAIU: Milton Ribeiro anuncia demissão do Ministério da Educação

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, anunciou sua exoneração da pasta nesta segunda-feira (28).

“Não me despedirei, direi até breve”, diz ministro da Educação em rascunho de carta que deverá ser entregue ao presidente Jair Bolsonaro (PL). Ribeiro é alvo de um inquérito da Polícia Federal (PF) e do Supremo Tribunal Federal (STF) por suspeitas de favorecimentos a pastores na distribuição de verbas do Ministério da Educação (MEC).

Na carta, Ribeiro diz que sua vida “sofreu uma grande transformação” desde a divulgação de reportagem que o implicavam em um esquema de favorecimento a pastores dentro do MEC. Diante das suspeitas, Ribeiro, que foi convidado a comparecer ao Senado para prestar esclarecimentos sobre o caso, diz que decidiu “solicitar ao Presidente Bolsonaro a minha exoneração do cargo, com a finalidade de que não paire nenhuma incerteza sobre a minha conduta e a do Governo Federal”.

Veja a íntegra da carta de Milton Ribeiro

Desde o dia 21 de março minha vida sofreu uma grande transformação. A partir de notícias veiculadas na mídia foram levantadas suspeitas acerca da conduta de pessoas que possuíam proximidade com o Ministro da Educação.

Tenho plena convicção que jamais realizei um único ato de gestão na minha pasta que não fosse pautado pela correção, pela probidade e pelo compromisso com o erário. As suspeitas de que uma pessoa, próxima a mim, poderia estar cometendo atos irregulares devem ser investigadas com profundidade.

Eu mesmo, quando tive conhecimento de denúncia acerca desta pessoa, em agosto de 2021, encaminhei expediente a CGU para que a Controladoria pudesse apurar a situação narrada em duas denúncias recebidas em meu gabinete. Mais recentemente, em _, solicitei a CGU que audite as liberações de recursos de obras do FNDE, para que não haja duvida sobre a lisura dos processos conduzidos bem como da ausência de poder decisório do ministro neste tipo de atividade.

Tenho três pilares que me guiam: Minha honra, minha família e meu país. Além disso tenho todo respeito e gratidão ao Presidente Bolsonaro, que me deu a oportunidade de ser Ministro da Educação do Brasil.

Assim sendo, e levando-se em consideração os aspectos já citados, decidi solicitar ao Presidente Bolsonaro a minha exoneração do cargo, com a finalidade de que não paire nenhuma incerteza sobre a minha conduta e a do Governo Federal, que vem transformando este país por meio do compromisso firme da luta contra a corrupção.

Não quero deixar uma objeção sequer quanto ao meu comportamento, que sempre se baseou em pilares inquebrantáveis de honra, família e pátria. Meu afastamento do cargo de Ministro, a partir da minha exoneração, visa também deixar claro que quero, mais que ninguém, uma investigação completa e longe de qualquer dúvida acerca de tentativas deste Ministro de Estado de interferir nas investigações.

Tomo esta iniciativa com o coração partido, de um inocente que quer mostrar a todo o custo a verdade das coisas, porém que sabe que a verdade requer tempo. Sei de minha responsabilidade política, que muito se difere da jurídica. Meu afastamento é única e exclusivamente decorrente de minha responsabilidade política, que exige de mim um senso de país maior que quaisquer sentimentos pessoais.

Assim sendo, não me despedirei, direi um até breve, pois depois de demonstrada minha inocência estarei de volta, para ajudar meu país e o Presidente Bolsonaro na sua difícil mas vitoriosa caminhada.

Brasil acima de tudo!!! Deus acima de todos!!!

Entenda as denúncias contra Milton Ribeiro

Em um áudio obtido pelo jornal “Folha de S.Paulo” e em reportagens do “O Estado de S. Paulo”, Ribeiro é envolvido no que seria um esquema de favorecimento a pastores na pasta.

Em uma conversa gravada, o ministro afirma que recebeu um pedido do presidente Jair Bolsonaro (PL) para que a liberação de verbas da pasta fosse direcionada para prefeituras específicas a partir da negociação feita por dois pastores evangélicos que não possuem cargos no governo federal.

Na gravação, Ribeiro diz que se trata de “um pedido especial do presidente da República”. “Foi um pedido especial que o presidente da República fez para mim sobre a questão do [pastor] Gilmar”, diz o ministro na conversa com prefeitos e outros dois pastores, segundo o jornal.

Ribeiro continua: “Porque a minha prioridade é atender primeiro os municípios que mais precisam e, em segundo, atender a todos os que são amigos do pastor Gilmar.”

Os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura são os citados nos áudios. Segundo o jornal, os dois religiosos têm negociado com prefeituras a liberação de recursos federais para obras em creches, escolas e compra de equipamentos de tecnologia.

Na conversa vazada, o ministro de Bolsonaro indica que, com a liberação de recursos, pode haver uma contrapartida.

“O apoio que a gente pede não é segredo, isso pode ser [inaudível] é apoio sobre construção de igrejas”. Nos áudios, não fica claro a forma como esse apoio se daria.

No ano passado, para poupar as emendas parlamentares de um corte maior, o governo promoveu um bloqueio de R$ 9,2 bilhões de despesas de ministérios e estatais que atinge principalmente a Educação.

Na semana passada, Ribeiro negou que tenha favorecido pastores. Em nota enviada à CNN, o ministro dizia ainda que o presidente “não pediu atendimento preferencial a ninguém, solicitou apenas que pudesse receber todos que nos procurassem”. Em entrevista à CNN, Ribeiro também negou as acusações.

Na quinta-feira (24), o presidente Bolsonaro defendeu Ribeiro. “Se o Milton estivesse armando não teria colocado na agenda aberta ao público. O Milton, eu boto minha cara no fogo por ele. Estão fazendo uma covardia. A Polícia Federal, ontem eu pedi para abrir o procedimento para investigar o caso também. Tem gente que fica buzinando: ‘Manda o Milton embora que a gente tem alguém pra indicar aqui’. Duvido botar para o público o nome, não faz isso porque se der errado a culpa é minha”, declarou Bolsonaro, que afirmou que o próprio ministro havia pedido esclarecimentos.

*Fonte: CNN

Apesar de liderar disputa para o Governo do RN, Fátima Bezerra é a mais rejeitada de acordo com Instituto Agora Sei. Números "esquisitos" revelam a ausência de um nome forte na oposição para enfrentar a Governadora.

A governadora Fátima Bezerra (PT), pré-candidata à reeleição é mais rejeitada pelo eleitor na disputa para o Governo do Estado nas eleições de 2022, segundo nova pesquisa divulgada nesta segunda-feira (28) no Rio Grande do Norte.
Segundo levantamento do Instituto Agora Sei, contratado pela rádio Difusora FM, 29% dos eleitores dizem que, se as eleições fossem hoje, não votariam de jeito nenhum na petista.

O fator paradoxal na sondagem está no fato de que no mesmo levantamento Fátima Bezerra lidera com folga as intenções de votos entre os nomes apresentados ao eleitor, porém, no quesito rejeição a Governadora segue detestada pela população enquanto gestora.

Mas, como explicar tais números tão "esquisitos" ou contraditórios?

Acredito que a única explicação plausível está no fato do grupo de oposição ainda não ter encontrado um nome que passe confiança para o eleitor potiguar.

Confira abaixo os números do quesito rejeição:
  • Fátima Bezerra (PT): 29%
  • Styvenson Valentim (Podemos): 21,7%
  • Brenno Queiroga (Solidariedade): 17,8%
  • Rosália Fernandes (PSTU): 17,7%
  • Ezequiel Ferreira (PSDB): 17,4%
  • Clorisa Linhares (Brasil 35): 16,3%
  • Votaria em todos: 17,5%
  • Não respondeu: 27,6%
Foram realizadas 1.200 entrevistas presenciais entre os dias 23 e 25 de março em todo o Rio Grande do Norte. A pesquisa tem margem de erro de 2,8 pontos percentuais e nível de confiança de 95%. O registro no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) é o 02421/2022.

*Política Pauferrense

Fátima Bezerra tem 36,5% e lidera com folga disputa para o Governo do RN, mostra levantamento do Instituto Agora Sei. Será que o eleitor ainda acredita em pesquisa?

A governadora Fátima Bezerra (PT) lidera com folga as intenções de voto para o Governo do Rio Grande do Norte nas eleições de 2022, segundo pesquisa do Instituto Agora Sei, divulgada nesta segunda-feira (28), pela rádio Difusora FM.

Na pesquisa estimulada, quando os nomes dos possíveis candidatos são apresentados ao eleitor, a petista aparece com 36,5% das citações, contra apenas 7,4% do senador Styvenson Valentim (Podemos), que é o 2º colocado. Na terceira posição, estão empatados o ex-prefeito Brenno Queiroga (Solidariedade) e o deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), cada um com 6,2%.

Foram realizadas 1.200 entrevistas presenciais entre os dias 23 e 25 de março em todo o Rio Grande do Norte. A pesquisa tem margem de erro de 2,8 pontos percentuais e nível de confiança de 95%. O registro no Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) é o 02421/2022.

Segundo turno:
  • Fátima Bezerra (PT): 40,9%
  • Brenno Queiroga (Solidariedade): 16,6%
  • Branco/nulo: 28,4%
  • Não respondeu: 14,1%
*Política Pauferrense

VAMOS CUIDAR DO NOSSO LIXO; O MEIO AMBIENTE AGRADECE!


MARINA SILVA FAZ COMENTÁRIO, SOBRE OS MOVIMENTOS DA POLÍTICA

Dois pesos, duas medidas: bandeiras nos estádios com Bolsonaro é liberdade de expressão, mas de outros pré-candidatos no Lollapalooza é crime eleitoral.

APODI-RN: PEQUENA CHUVA REGISTRADA NA CIDADE

Pequena chuva foi registrada na cidade, no domingo 27 de março de 2022.
No bairro Bacurau I, choveu apenas 2 milímetros. Os institutos de meteorologia têm anunciado perigos de chuvas intensas, mas parece que quando eles anunciam, a chuva se afasta

NATAL-RN: PM CAPTURA FORAGIDO QUE MATOU MÃE A FACADAS

Policiais da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) prenderam foragido da Justiça durante patrulhamento no bairro de Cidade Alta, zona Leste de Natal, na manhã de domingo (27). Helenilson Donato da Rocha, de 53 anos, foi preso em 2016 após júri popular decidir que ele é culpado pelo assassinato a facadas de sua própria mãe, Beatriz Rosalina da Rocha. O homem foi encaminhado à Delegacia de Plantão pelos policiais militares.
O caso aconteceu em fevereiro de 2014. Helenilson esfaqueou Beatriz Rosalina da Rocha, de 80 anos, e depois ateou fogo à casa em que moravam, no conjunto Pirangi, na zona Sul de Natal. O corpo da idosa foi encontrado carbonizado e com uma perfuração no pescoço. Helenilson, filho de Beatriz, foi autuado em flagrante por homicídio e incêndio criminoso.
Em junho de 2016, quando tinha 47 anos, ele foi a júri popular. Após ouvir as testemunhas, os jurados decidiram condenar o homem a 17 anos e 6 meses pelo homicídio qualificado de sua mãe, e 4 anos e 8 meses por incêndio qualificado, totalizando 22 anos de prisão em regime fechado no Rio Grande do Norte.
A Polícia não informou há quanto tempo o condenado estava foragido.

APODI-RN: RUA DA RÁDIO VALE ESTÁ ABANDONADA PELO PODER PÚBLICO MUNICIIPAL

A rua da Rádio Vale do Apodi está abandonada pelo poder público. Quem for trafegar por essa rua, cuidado, pois você poder ser vítima de um acidente!
A rua Joel do Amaram Gurgel, Bairro Cohab - Apodi/RN está totalmente intransitável e causando perigo para quem tenta passar pela via.
Vários gestores já prometeram pavimentar a rua, mas continua na mesma, ou pior! Com as chuvas acontecidas nos últimos dias, um buraco se formou e os bueiros se soltaram, porque prometeram e não calçaram a rua. Agora, vão usar desculpa, que é devido às chuvas e não tem como recuperar. Mas, já tivemos muitos dias sem chuva.
A população pede providências!
O local é caminho para alguns estudantes da Escola Lindaura Silva.
O poder público abandonou a rua da rádio, que ele mesmo faz um programa da prefeitura todos os sábados.

NATAL-RN: Criminoso é baleado e morre em confronto com a PM na zona oeste

Quatro suspeitos trocaram tiros com policiais militares do 9° Batalhão, na noite desse domingo (28), no bairro Cidade Nova, zona oeste de Natal. Durante o confronto, um deles foi baleado e morreu. Os outros três conseguiram fugir.

De acordo com informações coletadas pela reportagem da TV Tropical, os policiais militares faziam um patrulhamento na comunidade Baixa do Cão, quando se depararam com quatro homens em atitude suspeita. Segundo a PM, pelo menos dois deles estavam armados, sendo um com uma espingarda calibre 12 municiada.

A PM contou que, em dado momento, os bandidos decidiram atirar contra a guarnição. Durante a troca de tiros, dois conseguiram fugir e os outros dois seguiram com o confronto. Um deles acabou baleado e o outro conseguiu fugir por um morro que há no bairro.

Os policiais ainda chegaram a socorrer o suspeito baleado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cidade da Esperança, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. O homem que morreu foi identificado como Welson Rodrigues da Silva; ele é apontado pela PM como liderança de uma facção criminosa na região.

Com o quarteto, os policiais apreenderam uma arma longa calibre 12, munições e sacos com várias trouxinhas de maconha.

*Portal da Tropical/BG

COVID: Brasil registra 117 óbitos e 10 mil casos nas últimas 24h

Foram divulgados os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste domingo (27), de acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass):
– O país registrou 117 óbitos nas últimas 24h, totalizando 658.879 mortes;
– Foram 10.239 novos casos de coronavírus registrados, no total 29.842.418;
A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 239, a menor desde 19 de janeiro de 2022; a média móvel de novos casos é de 30.276, a menor desde 8 de janeiro deste ano.
O ministério da Saúde calcula que mais de 28,4 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid.

UFRN: AULAS PRESENCIAIS RETORNAM NESTA SEGUNDA(28)

As aulas presenciais da Universidade Federal do Rio Grande do Norte retomam, nesta segunda-feira (28), após dois anos devido às limitações impostas pela pandemia do novo coronavírus / covid-19. Além da retomada acadêmica, todas as atividades administrativas também estarão de volta.

A abertura oficial do ano letivo da UFRN será feita pelo reitor José Daniel Diniz Melo nesta segunda-feira, direto da Faculdade de Engenharia, Letras e Ciências Sociais do Seridó (Felcs), em Currais Novos.

Com a retomada presencial, cerca de 40 mil estudantes são esperados, entre alunos novos e veteranos, da graduação e pós-graduação. Também estarão de volta às atividades no Campus os cerca de 2,4 mil professores e 3 mil servidores.

Quem também está de volta à UFRN nesta segunda-feira é o serviço do Circular do Campus. Este serviço está sendo oferecido como contrapartida do benefício de isenção tributária do ICMS dado pelo Governo do Estado do RN no Decreto Estadual Nº 31.233/2021. As empresas Guanabara, Reunidas, Santa Maria, Conceição, Cidade do Natal e Via Sul, filiadas ao Seturn.

As quatro linhas do Circular do Campus – Expresso Reitoria, Expresso C&T, Direto e Inverso, retornam normalmente, com sua frota plena de oito veículos, nos mesmos horários e itinerários que existiam antes da pandemia.

O serviço do Circular funcionará, com estabelecido, de 06:00 às 22:50 de segunda a sexta-feira e aos sábados em horário especial. O circular atenderá cerca de 14 mil passageiros por dia, em sua grande maioria estudantes, na ligação Mirassol – Campus, e também em seus deslocamentos dentro da Universidade, totalmente gratuito.

MINUTOS DE SABEDORIA!!!!

LEMBRE-SE de que não devemos humilhar ninguém.
Os erros que os outros cometem hoje, nós podemos cometê-los amanhã.
Não se julgue inatingível nem infalível.
Todos podem falhar.
Trate os outros com tolerância, para que possa reerguê-los, se errarem.
A perfeição não é desta terra.
Não exija dos outros aquilo que você também ainda não pode dar.

MOSSORÓ-RN: 124ª MORTE VIOLENTA EM 2022 - Jovem de 20 anos, é encontrado morto com marcas de tiros no Sítio Rincão

A cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, registrou o primeiro homicídio do mês de outubro de 2022. Um jovem de 20 anos, ...

TIME: REVELAÇÃO

TIME: REVELAÇÃO

REVELAÇÃO E BACURAU

REVELAÇÃO E BACURAU

COMISSÃO TÉCNICA

COMISSÃO TÉCNICA