sábado, 25 de abril de 2020

MOSSORÓ-RN: 59°HOMICÍDIO EM 2020 - [v´VÍDEO] COMERCIANTE É MORTO A TIROS NO CONJUNTO CIDADE OESTE

A Polícia Militar registrou mais um crime de homicídio no início da noite deste sábado 25 de abril de 2020, em Mossoró no Rio Grande do Norte.
A ação criminosa ocorreu na Avenida Mossoró, no Conjunto Cidade Oeste que fica localizado as margens da RN 117, estrada que liga o município a Governador Dix-Sept Rosado.
De acordo com as primeiras informações, a vítima identificada como Alex Sandro Bezerra de Morais, 48 anos de idade natural de Afonso Bezerra-RN, se encontrava em seu estabelecimento comercial, quando um indivíduo chegou perguntando se tinha Álcool Gel para vender, e em seguida abriu fogo contra ele que morreu no interior do comércio alvejado por vários tiros sem chance de defesa. No chão é possível visualizar várias cápsulas de pistola calibre 380.
A polícia ainda não sabe a motivação do crime e nem os possíveis autores da ação criminosa. Antes de ter seu próprio negócio, Alex Sandro trabalhou como motorista de lotação e há pouco mais de 4 anos tinha seu próprio comercio em Mossoró.
Após os procedimentos de pericia no local do crime a equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP), fez a remoção do corpo para exames na sede do órgão em Mossoró.

Mais imagens

Veja o vídeo:


*Passando na Hora

Natal tem décimo óbito em decorrência da Covid-19; RN contabiliza 41 mortes por coronavírus

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal, SMS-NATAL, informa que neste sábado (25), foi confirmado o óbito da décima vítima diagnosticada com a Covid-19, na capital potiguar. É a 41º morte provocada pelo coronavírus no Rio Grande do Norte.
A paciente, do sexo feminino, 83 anos, com históricos de pneumonias de repetição e de epilepsia, acamada por fratura de fêmur, buscou o serviço público em 20/04, sendo transferida para outra unidade com UTI em 21/04, evoluindo para óbito no dia 25/04.


*BG

Brasil registra 346 mortes por coronavírus nas últimas 24h, número de óbitos é 4.016; Com mais 5.514 casos, total chega a 58.509 infectados

O Brasil contabiliza 4.016 óbitos e 58.509 casos confirmados de Covid-19, de acordo com dados divulgados neste sábado (25) pelo Ministério da Saúde.
Segundo a pasta, o país registrou 346 novas mortes de Covid-19 nas últimas 24 horas. Na última sexta-feira (24), o número de mortes era de 3.670 e 52.995 casos confirmados.
A taxa de letalidade do novo coronavírus no Brasil é de 9,4%, ainda segundo o ministério.

R7/BG

PF identifica Carlos Bolsonaro como articulador em esquema criminoso de fake news

Foto: Câmara Municipal do Rio de Janeiro
A Polícia Federal identificou o vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, como um dos articuladores do esquema criminoso de fake news, segundo investigação sigilosa conduzida pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Nos últimos meses, o presidente cobrou informações sobre as investigações, em reuniões e por telefone, de Maurício Valeixo, demitido da diretoria-geral da PF na última sexta (23). Segundo a Folha apurou, Valeixo resistiu ao assédio de Bolsonaro.

Um dos quatro delegados que atuam no inquérito é Igor Romário de Paula, que coordenou a Lava Jato em Curitiba quando Sergio Moro, agora ex-ministro da Justiça, ​era o juiz da operação. Valeixo foi superintendente da PF no Paraná no mesmo período e escalado por Moro para o comando da PF.

Dentro da Polícia Federal, não há dúvidas de que Bolsonaro pressionou Valeixo, homem de confiança de Moro, porque tinha ciência de que a corporação havia chegado ao seu filho, chamado por ele de 02 e vereador do Rio de Janeiro pelo partido Republicanos.

Para o presidente, tirar Valeixo da direção da PF poderia abrir caminho para obter informações da investigação do Supremo ou inclusive trocar o grupo de delegados responsáveis pelo caso.

Não à toa, na sexta-feira (24), logo após Moro anunciar publicamente sua demissão do Ministério da Justiça, o ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito no Supremo, determinou que a PF mantenha os delegados no caso. ​

O inquérito foi aberto em março do ano passado pelo presidente do STF, Dias Toffoli, para apurar o uso de notícias falsas para ameaçar e caluniar ministros do tribunal.

Carlos é investigado sob a suspeita de ser um dos líderes de grupo que monta notícias falsas e age para intimidar e ameaçar autoridades públicas na internet. A PF também investiga a participação de seu irmão Eduardo Bolsonaro, deputado federal pelo PSL de SP.

Procurado por escrito e por telefone, o chefe de gabinete de Carlos não respondeu aos contatos da reportagem.

Para o lugar de Valeixo, no comando da PF, Bolsonaro escolheu Alexandre Ramagem, hoje diretor-geral da Abin (Agência Brasileira de Inteligência). Ramagem é amigo de Carlos Bolsonaro, exatamente um dos alvos do inquérito da PF que tramita no STF.

Os dois se aproximaram durante a campanha eleitoral de 2018, quando Ramagem atuou no comando da segurança do então candidato presidencial Bolsonaro após a facada que ele sofreu em Juiz de Fora (MG).

Carlos foi quem convenceu o pai a indicá-lo para o lugar de Valeixo. Os dois ficaram ainda mais próximos quando Ramagem teve cargo de assessor especial no Planalto nos primeiros meses de governo. Carlos é apontado como o mentor do chamado “gabinete do ódio”, instalado no Planalto para detratar adversários políticos.

Segundo aliados de Moro, ao mesmo tempo que a PF avançava sobre o inquérito das fake news, Bolsonaro aumentava a pressão para trocar Valeixo.

Bolsonaro enviou mensagem no início da manhã de quinta-feira (23) a Moro com um link do site Antagonista com uma notícia sobre o inquérito das fake news intitulada “PF na cola de 10 a 12 deputados bolsonaristas”.

“Mais um motivo para a troca”, disse o presidente a Moro se referindo à sua intenção de tirar Valeixo.

Moro respondeu a Bolsonaro argumentando que a investigação, além de não ter sido pedida por Valeixo, era conduzida por Moraes, do STF.

O mesmo grupo de delegados do inquérito das fake news comanda a investigação aberta na terça-feira (22), também por Moraes, para apurar os protestos pró-golpe militar realizados no domingo passado e que contaram, em Brasília, com a participação de Bolsonaro.

Assim como no caso das fake news, o ministro do STF determinou que os delegados não podem ser substituídos. O gesto é uma forma de blindar as apurações dos interesses pessoais e familiares do presidente da República.

Há uma expectativa dentro do Supremo de que os dois inquéritos, das fake news e dos protestos, se cruzem em algum momento. Há suspeita de que empresários que financiaram esse esquema de notícias falsas também estejam envolvidos no patrocínio das manifestações.

Coincidentemente, Bolsonaro apertou o cerco a Valeixo após a abertura dessa nova investigação.

Dentro do STF, pessoas próximas a Moraes avaliam que ele deve encerrar logo a investigação das fake news para se dedicar à dos protestos.

O inquérito foi aberto a pedido do procurador-geral, Augusto Aras, e envolveria pelo menos dois deputados apoiadores de Bolsonaro.

O objetivo de Aras é apurar possível violação da Lei de Segurança Nacional por “atos contra o regime da democracia brasileira por vários cidadãos, inclusive deputados federais, o que justifica a competência do STF”.

Interlocutores do procurador-geral afirmam que, inicialmente, Bolsonaro não será investigado. Alertam, porém, que, caso sejam encontrados indícios de que o chefe do Executivo ajudou a organizar as manifestações, ele pode vir a ser alvo do inquérito.

Em sua decisão, Moraes cita a Constituição e salienta que o ato, como descrito pelo PGR, “revela-se gravíssimo, pois atentatório ao Estado Democrático de Direito brasileiro e suas Instituições republicanas”.​

*FolhaPress/BG

Kim Jong-un morre após complicações em cirurgia, diz TMZ

Foto: AFP
Segundo o site TMZ, dos Estados Unidos, o líder supremo norte-coreano Kim Jong-un, de 36 anos, morreu na madrugada deste domingo, na Coreia do Norte. O ditador teria falecido após complicações durante uma cirurgia.
Segundo o site norte-americano, o ditador foi atendido por uma equipe chinesa para a realização de cirurgia cardíaca, após inflamação de vazos sanguíneos próximos ao coração. O “time” do país vizinho teria sido enviado nessa sexta-feira para tratar do estado de saúde de Kim Jong-un.
Na matéria em que noticia a morte do ditador, porém, o TMZ não cita nenhuma fonte própria e usa somente replicações da imprensa internacional. Horas antes, a revista japonesa Shukan Gendai noticiou que Kim Jong-un estava em estado vegetativo pelo mesmo motivo da possível morte.
Já a agência de notícias sul-coreana Yonhap noticia a ausência do ditador em um evento público de forte apelo neste sábado. O ditador não teria participado da celebração dos 88 anos do Exército Norte-Coreano, o que voltou a colocar o estado de saúde do líder sob desconfiança. O quadro clínico do líder é assunto desde o fim da última semana.
Nenhuma dessas confirmações ainda foram confirmadas pelo governo chinês ou norte-coreano. A última aparição pública de Kim Jong-un foi em 12 de abril deste ano, quando vistoriou aviões militares da Coreia do Norte.

*Estado de Minas/BG

CARNAUBAIS-RN: [VÍDEO] Caminhão de lenha sem freio vira na descida da "Estrada da Castanha"; somente danos materiais

Mais um acidente com caminhão e semelhante a outra vez, o motorista ficou preso nas ferragens, mas foi retirado com vida.
O ocorrido foi exatamente as 15 horas e 15 minutos deste sábado (25).
Mais um grande livramento para o motorista e também para as pessoas que moram próximo ao local.
O caminhão Chevrolet desceu na avenida Inácio Dias – Estrada da Castanha – sem freio e não teve como fazer a manobra para seguir na avenida Francisco Jorge.

Outra vez
Caminhão tomba e motorista fica preso nas ferragens por duas horas, em Carnaubais.
Relembrando: Acidente foi na manhã desta quarta-feira (25) na estrada da castanha, perímetro urbano de Carnaubais, sentido Serra do Mel. A vítima da cidade de Baraúnas, foi socorrida em estado moderado, sem ferimentos, pelo SAMU.

 O vídeo gravado na hora do acidente mostra o veiculo tomando com a carga de lenha. 

*Toni Martins

MOSSORÓ-RN: CONDUTOR DE MOTO BATE VIOLENTAMENTE NA LATERAL DE CAMINHÃO BAÚ NA BR 110 NO BAIRRO SUMARÉ

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), registrou no final da manhã deste sábado 26 de abril de 2020, uma grave colisão envolvendo moto e caminhão na BR 110 próximo a Itaipava, no Bairro Sumaré em Mossoró no Rio Grande do Norte.
De acordo com as informações colhidas no local, o condutor da moto Honda Twister 250F de placa QGD 2669 Natal-RN, identificado como Antônio Marcos de Oliveira Rocha, 33 anos de idade , seguia na BR sentido Upanema Mossoró, quando bateu violentamente contra a lateral do caminhão baú Mercedes Benz de placas LHG 1479 Mossoró-RN que atravessou a BR.
Apesar do fato do caminhão ter atravessado a pista, o que configura infração de trânsito tipificada como avançar a preferencial, populares relataram a PRF que o condutor seguia em alta velocidade.
O impacto foi tão violento que chegou a abrir um buraco no baú do caminhão (foto), "Pensei que o caminhão ia virar quando senti o estrondo" relatou uma senhora que seguia no banco do passageiro.
Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi acionada e socorreu a vítima bastante machucada, com escoriações por todo o corpo e com fratura exposta na tíbia para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), consciente e seu quadro de saúde é considerado estável.
O mesmo se recusou a fazer o teste do bafômetro.
Mais imagens

*Passando na Hora.

MOSSORÓ-RN: MULHER COM 42 ANOS COM SÍNDROME DE DOWN MORRE DE COVID-19; MÃE DE 84 ANOS ESTÁ NA UTI

Anaísa Silva de Castro tinha 42 anos e morreu de Covid-19 em Mossoró — Foto: Arquivo da família
Uma mulher de 42 anos de idade com síndrome de down morreu vítima da Covid-19 em Mossoró, Oeste potiguar. A mãe dela, de 84 anos, está internada na UTI com a doença e dois irmãos também foram infectados.
Anaísa Silva de Castro foi a óbito na terça-feira (21), mas a causa só foi confirmada nesta sexta (24) pela secretaria de saúde da cidade. Ela era diabética e hipertensa. Essa foi a 39ª morte provocada pelo novo coronavírus no Rio Grande do Norte.
“Princesa. Era assim que a gente chamava Anaísa. Uma pessoa carinhosa, amorosa, brincalhona, o xodó da família”, diz um dos irmãos dela, Airton de Castro, que também contraiu Covid-19.
Curado da doença, está em casa com outra irmã também infectada, mas que se recupera em isolamento, sem agravamento do quadro de saúde. Ao todo, são 10 irmãos, porém somente eles dois e Anaísa moravam com a mãe na mesma casa.
Airton conta que Anaísa de Castro sentiu os sintomas da doença no fim de semana passado. No hospital, os exames indicaram que havia suspeita de novo coronavírus e ela ficou internada. Depois foi encaminhada à UTI. A situação se agravou e, na terça, ela morreu.
Maria da Conceição de Castro, mãe de Anaísa, está internada desde a quinta-feira da semana passada, dia 16. Airton afirma que a idosa começou a sentir os sintomas da Covid-19 na terça-feira anterior, dia 14.
“Nós a levamos na UPA Belo Horizonte (Mossoró) e lá nos disseram que a falta de ar que ela sentia era ansiedade. Voltamos para casa. Na quinta, ela piorou”, relata o filho.
Na quinta-feira Maria da Conceição foi levada a outra Unidade de Pronto Atendimento na cidade, a do bairro Alto de São Manuel. “Lá viram a necessidade de interná-la na UTI e iam encaminhar ao Hospital Tarcísio Maia, mas não tinha vaga. Foi aí que decidimos levar para uma unidade privada”, lembra.
Ainda de acordo com Airton de Castro, assim que chegou ao hospital particular, a mãe foi colocada na Unidade de Terapia Intensiva e entubada. Maria da Conceição de Castro também sofre com diabetes e hipertensão.
Apesar da situação de saúde delicada, Airton diz que a mãe tem apresentado melhora, desde que deu entrada no hospital. “Aos poucos está precisando menos dos ventiladores mecânicos para respirar”, explica.
Como foi internada dias antes da filha e desde então está inconsciente, Maria da Conceição não sabe da morte de Anaísa. “Foi uma das coisas que ela mais recomendou antes de ir pro hospital, para não deixar minha irmã ser infectada pelo vírus. Ainda estamos vendo como contar para ela, quando ela sair de lá. Porque ela vai sair, será um milagre”, diz Airton.
Sobre o novo coronavírus, ele recomenda que as pessoas sigam as orientações das organizações de saúde, para conter a doença. “A dor tem tamanho, e é do tamanho do amor. As pessoas que não se preocupam com esse vírus é porque não atingiu quem eles amam. ‘Enquanto forem os vizinhos que estão passando por esse problema, está tudo bem, a dor não é minha’, assim pensa quem não está passando por isso”, desabafa.

Lula chama Moro e Bolsonaro de “bandidos”

Ex-presidente usou o Twitter neste sábado (25) para opinar sobre o imbróglio político   
O ex-presidente Lula usou o Twitter neste sábado (25) para opinar sobre a atual polêmica política do país. Na rede social, escreveu: "Não pode haver inversão da história. O Bolsonaro é filho do Moro, e não o Moro cria do Bolsonaro. Nessa disputa toda, os dois são bandidos, mas é o Bolsonaro que é a cria e não o contrário. E os dois são filhos das mentiras inventadas pela Globo".
O ex-presidente se refere à demissão do então ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e ao pedido do presidente Bolsonaro para trocar o diretor geral da Polícia Federal. 


*Agora RN

MOSSORÓ-RN: 58º HOMICÍDIO EM 2020 - EX-PRESIDIÁRIO É ECONTRADO MORTO COM CORPO CARBONIZADO NA ANTIGA FAZENDA SÃO JOÃO

O ex-presidiário, Antônio Anchieta Oliveira dos Santos foi encontrado morto, na manhã deste sábado, 25 de abril de 2020, em uma estrada carroçável na antiga Fazenda São João, às margens da RN 015 na zona rural de Mossoró, região Oeste Potiguar.
Ele estava amordaçado com fita gomada em volta da boca, com as mãos amarradas para trás e com o corpo parcialmente carbonizado. Ao lado do corpo uma moto, Yamaha Factor YBR 125 de cor vermelha com placa NOB-5104, totalmente queimada.
Agricultores que passavam no local, bem próximo a um poço que abastece a comunidade, ao se deparar com a cena, ligaram para o 190 da Polícia Militar. Uma Guarnição do Grupo Tático Operacional (GTO) do 2º BPM foi acionada e passou a isolar o local do crime.
O perito criminal Marcos Dayan, responsável pela perícia no local, disse que não foi possível visualizar perfurações de tiros ou outros tipos de violência, devido ao estado de carbonização que se encontrava o corpo.
O corpo foi removido após a perícia para exames no IML do Itep, que vai aguarda o comparecimento de familiares com documentos de identificação da vítima. Já são 58 assassinatos em Mossoró no ano de 2020. A Delegacia Especializada em Homicídios de Mossoró vai investigar o caso.

VER GALERIA DE FOTOS COMPLETA


*Fonte: Fim da Linha 

MOSSORÓ-RN: INDIVÍDUO COM TORNOZELEIRA ELETRÔNICA É PRESO ACUSADO DE PARTICIPAÇÃO EM ROUBO NA CASA DE VEREADOR MOSSOROENSE NA ZONA RURAL DA CIDADE

Na tarde desta sexta (24), após tomarem conhecimento de roubo na casa do vereador Manoel Bezerra na comunidade Sítio Chafariz, zona rural de Mossoró, policiais militares e penais do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP) iniciaram um trabalho conjunto de inteligência no mapeamento de informações relacionadas ao crime e fuga dos acusados.
Com o acionamento das viaturas e a constatação via sistema de monitoramento foi possível o correto direcionamento das viaturas da Polícia Militar, culminando com a recuperação de vários objetos e a prisão de Francisco de Assis da Silva Lima, indivíduo em liberdade vigiada através de tornozeleira eletrônica que já responde na justiça por porte ilegal de arma e homicídio.
Uma mulher identificada por Gilderleide Rocha da Costa, residente no imóvel em que estavam os produtos roubados no bairro Sumaré, também foi presa e autuada por receptação. A polícia continua as buscas com o fim de localizar o restante da quadrilha e a caminhonete S10 2012/2013 de cor Branca de placa NOC 6985 pertencente ao parlamentar Mossoroense.


*O Câmera

Moro exibe troca de mensagens em que Bolsonaro cobra mudança no comando da PF

Ex-ministro Moro
O ex-ministro da Justiça Sergio Moro exibiu nesta sexta-feira (24) à TV Globo uma troca de mensagens entre ele e o presidente Jair Bolsonaro, ocorrida nesta quinta (23), na qual Bolsonaro cobrou mudança no comando da Polícia Federal.
Mais cedo, nesta sexta, ao anunciar que havia decidido deixar o cargo, Moro afirmou que Bolsonaro tentou interferir politicamente na PF ao decidir demitir o agora ex-diretor-geral da corporação Maurício Valeixo.
Depois, também em pronunciamento, Bolsonaro afirmou que as declarações de Moro eram infundadas e que ele não havia tentado interferir na Polícia Federal.
Após o pronunciamento de Bolsonaro, a TV Globo cobrou de Moro provas de que as declarações tinham fundamento. O ex-ministro mostrou, então, a imagem de uma troca de mensagens entre ele e o presidente, ocorrida nesta quinta.
O contato é identificado por “presidente novíssimo”, indicando ser o número mais recente de Bolsonaro. A imagem mostra que o presidente enviou a Moro o link de uma reportagem do site “O Antagonista” segundo a qual a PF está “na cola” de dez a 12 deputados bolsonaristas.

Imagem: reprodução/TV Globo
O presidente, então, escreveu: “Mais um motivo para a troca”, se referindo à mudança na direção da Polícia Federal.
Imagem: reprodução/TV Globo
Sergio Moro respondeu ao presidente explicando que a investigação não tinha sido pedida pelo então diretor da PF, Maurício Valeixo. Moro enviou a mensagem: “Esse inquérito é conduzido pelo ministro Alexandre, no STF”, se referindo ao ministro Alexandre de Moraes.


Imagem: reprodução/TV Globo
Moro prossegue: “Diligências por ele determinadas, quebras por ele determinadas, buscas por ele determinadas”. E finaliza: “Conversamos em seguida, às 0900”, referindo-se ao encontro que os dois teriam.

*Do G1

MOSSORÓ-RN: VEREADOR E FÁMILIA SÃO FEITOS REFÉNS POR CRIMINOSOS DURANTE ARRASTÃO NA ZONA RURAL DO MUNICÍPIO

Criminosos armados invadiram na tarde desta sexta feira, 24 de abril de 2020, a casa do vereador Manoel Bezerra de Maria, na comunidade de Chafariz, na zona rural de Mossoró.
O parlamentar que estava em sua casa de campo, cumprindo o isolamento social, por causa da pandemia do novo coronavírus, foi mantido de refém juntamente com sua família.
De acordo com informações colhidas pela Polícia Militar, que atendeu, a ocorrência, três elementos de armas em punho chegaram na residência, renderam a família trancando todos em um dos cômodos da residência e promoveram um verdadeiro arrastão. Na fuga os criminosos levaram uma caminhonete S-10 de cor branca
Policiais Militares do 12º BPM realizaram diligências pela região, mas não conseguiram localizar os criminosos.
 

*Fim da Linha

ITAÚ-RN: TROCA DE TIROS ENTRE POLÍCIA E BANDIDOS NA ZONA RURAL

Policiais das cidades de Itaú, Severiano Melo e Rodolfo Fernandes trocaram tiros com bandidos no Assentamento Paraná, na zona rural de Itaú-RN na noite desta sexta-feira, dia 24 de abril de 2020.
De acordo com informações, bandidos haviam praticado um assalto na cidade de Pau do Ferros e se deslocavam com direção a Itaú. A Polícia Militar realizou uma diligência e se deparou com os criminosos na altura da BR 405, contorno de Riacho da Cruz e que, gerou uma perseguição aos bandidos, até o Assentamento Paraná, gerando uma troca de tiros e os bandidos abandonaram o veículo, deixando para trás os objetos roubados das vítimas e armas.
 

*Fotos recebidas das redes sociais
*Fonte: Márcio Melo

MINUTOS DE SABEDORIA!!!


0s conselhos ajudam, não há dúvida...
Mas não se esqueça de que a solução de nossos problemas está dentro de nós mesmos, na voz silenciosa de nossa consciência, que é a voz de Deus dentro de nós.
Não se deixe enganar: só você será o responsável pelo caminho que escolher.
Ninguém poderá prestar contas com você.
Procure, portanto, viver acertadamente, de acordo com sua consciência.

MOSSORÓ-RN: 153 MORTES VIOLENTAS EM 2020 - JOVEM É MORTO A TIROS NO BELO HORIZONTE

O crime aconteceu por volta das 21h30m de sábado, 24 de outubro, na Rua João Damásio, no bairro Belo Horizonte em Mossoró no Rio Grande do N...