quarta-feira, 2 de setembro de 2020

CORONAVÍRUS: Brasil registra 1.184 óbitos e 46 mil casos nas últimas 24h; São 123 mil mortes e 3.997.865 infectados

Foto: Getty Images via BBC
O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quarta-feira (2):
– Registro de 1.184 óbitos nas últimas 24h, totalizando 123.780 mortes;
– Foram 46.934 novos casos de coronavírus registrados, no total 3.997.865 pessoas já foram infectadas.
– O número total de recuperados do coronavírus é 3.210.405, com o registro de mais 51.309 pacientes curados. Outros 663.680 pacientes estão em acompanhamento.


*BG

Covid-19: Brasil registra 3.210.405 casos de pessoas recuperadas

Foto: Márcia Ximenes/HGF/Divulgação
O Brasil registrou nesta quarta-feira (2), mais 51.309 pacientes recuperados do coronavírus, totalizando 3.210.405 pessoas curadas da doença.
O registro de pessoas curadas já representa 80,3% do total de casos acumulados.
A quantidade de pessoas curadas no Brasil já é quatro vezes superior ao número de casos ativos (663.680), que são os pacientes em acompanhamento médico.
No mundo, estima-se que pelo menos 13 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid-19 já se recuperaram.


*BG

SERRA DO MEL-RN: DUPLO HOMICÍDIO SEGUIDO DE SEQUESTRO NA VILA BRASÍLIA

A Polícia Militar, Civil e o ITEP, foram acionados na tarde desta quarta feira, 02 de setembro de 2020, para a rua Sinval Bezerra na Vila Brasília, município de Serra do Mel, distante cerca de 32km de Mossoró no Rio Grande do Norte.
As informações que em uma Casa de Apoio ao Homem Carente (cabaré), duas pessoas identificadas como Josivan Lopes de Moura e Evandro Lopes de Oliveira de 23 anos foram mortos no local. Uma terceira pessoa conhecida como Felipe, teria sido levado pelos criminosos. Ainda não se sabe o que levou ao duplo homicídio, e o por que uma outra pessoa teria sido sequestrada.
Mais imagens
*Informação: Passando na Hora

MOSSORÓ-RN: 120º/121º HOMICÍDIO EM 2020 - [VÍDEO] CASAL É PERSEGUIDO E MORTO DENTRO DE CARRO NO BAIRRO SANTO ANTÔNIO

A Polícia Militar registrou um crime de duplo homicídio no início da tarde desta quarta feira 02 de setembro de 2020, em Mossoró no Rio Grande do Norte.
De acordo com as primeiras informações, um casal residente na cidade de Apodi, identificado como Michael Douglas Costa Sales e a mulher Jéssica Gurgel, foi perseguido e assassinado a tiros, dentro de um carro Chevrolet Prisma branco placas de Apodi RN, na Travessa Chico Tunico nas proximidades do Dia a Dia Atacarejo no Bairro Santo Antonio.
A polícia foi informada, que o casal é desconhecido na região, e que antes de serem mortos vinham tentando fugir dos atiradores e o condutor perdeu o controle do carro e acabou batendo em um portão.
A PM isola o local aguardando a chegada da equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP).

Mais imagens


*Passando na Hora

MOSSORÓ-RN: UM MORRE E OUTRO FICA FERIDO EM GRAVE COLISÃO ENVOLVENDO DUAS MOTOS PRÓXIMO A UERN

Uma ambulância do Corpo de Bombeiros, e uma do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192), foram acionados por volta das 12:30hs desta quarta feira 02 de setembro de 2020, para uma ocorrência de colisão entre motos na Rua Professor Antônio Campos próximo a UERN, em Mossoró no Rio Grande do norte.
De acordo com as primeiras informações, o condutor da moto Honda Biz de placa NNZ 2027 Mossoró-RN, foi colhido pelo condutor da moto Honda CBR 650 de placa QGE 6555 Mossoró-RN que seguia sentido Conjunto Geraldo Melo, no momento que estava adentrando na pista. Com o impacto da colisão os condutores ficaram distantes cerca de 50 metros um do outro.
Os dois ficaram bastante machucados, sendo que o condutor da 650 foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros.
O condutor da Biz Anderson Silva Souza, 24 anos, que ficou em estado mais grave foi socorrido pelo SAMU para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), e não resistiu a gravidade dos ferimentos vindo a óbito naquela Unidade Hospitalar.


Mais imagens


*Passando na Hora

MOSSORÓ-RN: MÉDICO É PRESO SUSPEITO DE FRAUDAR VESTIBULAR COM VENDA DE VAGAS EM CURSO DE MEDICINA NO INTERIOR DE SP

Prisão faz parte da segunda fase da Operação Asclépio que foi deflagrada em cinco Estados. Uma pessoa também foi presa em Natal, capital do Estado.
Delegado João Paulo Tardim, da delegacia seccional de Assis/SP, esteve em Mossoró para efetuar a prisão — Foto: Hugo Andrade / Intertv Costa Branca
Um médico foi preso em Mossoró, região Oeste do Rio Grande do Norte, na manhã desta quarta-feira (2), por suspeita de participação em um esquema de venda de vagas em cursos de medicina. A prisão faz parte da segunda fase da Operação Asclépio, deflagrada pela Polícia Civil de Assis (SP), em 5 Estados. Um homem também foi preso na capital potiguar.
O médico preso em Mossoró tem 27 anos e atua como clínico geral. Ele foi preso enquanto atendia pacientes no Hospital da Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC). De acordo com a Polícia Civil, o médico é suspeito de estelionato, associação criminosa e falsificação de documentos públicos.
“A gente identificou que ele esteve na cidade de Assis, participou do certame, fez a prova no local de um candidato e, através de confrontos de inteligência policial e principalmente de confrontos de impressões datiloscópicas (digitais) no momento da prova, além de comprovação de fotografia nos dados cadastrais do médico aqui de Mossoró com os do candidato de Assis, a gente comprovou que se tratava dessa fraude”, confirmou o delegado João Paulo Tardim, da delegacia seccional de Assis, que esteve em Mossoró para realizar a prisão.
O médico foi encaminhado a Cadeia Pública de Mossoró, onde aguardará o término da prisão temporária que é de 5 dias, podendo ser prorrogada por mais 5.
A outra prisão no Rio Grande do Norte aconteceu em Natal. O homem é apontado pela Polícia Civil como um dos responsáveis por arquitetar o esquema de disponibilização de terceiros para prestar a prova no lugar dos candidatos reais.
“Através de documentos públicos falsos, eles (pilotos) faziam a inscrição. Se passando por um candidato com o documento falso, ele prestava a prova. Essas pessoas tinham um certo conhecimento, uma facilidade na aprovação, alguns deles já atuavam na medicina ou então estavam terminando o curso de medicina. Eles garantiam a aprovação e recebiam o pagamento. Tudo isso era gerenciado pelo chefe desse esquema que residia em Natal”, explica o delegado.
Ao todo, a Polícia Civil cumpre 22 mandados de busca e 12 de prisão temporária em São Paulo, Ceará, Paraíba, Minas Gerais e Rio Grande do Norte.


Investigações
De acordo com as investigações da Polícia Civil, candidatos interessados em obter as vagas em cursos de medicina ofereciam ao grupo criminoso um valor entre R$ 80 e R$ 120 mil, dependendo da concorrência para o curso e da Instituição. Dentro do esquema, os organizadores convidavam estudantes de medicina ou médicos recém-formados para prestarem vestibular se passando pelos verdadeiros candidatos. Essas pessoas eram chamadas de “pilotos” no esquema e chegavam a receber de R$ 20 e 25 mil pra fazer as provas.
As investigações foram iniciadas no final de 2017 pela Delegacia Seccional de Assis, na região de Presidente Prudente, interior de São Paulo. A denúncia partiu de uma Faculdade privada de medicina da cidade, onde organizadores do processo identificaram indícios de fraude e passaram os dados para a Polícia Civil.

*Do G1 RN

APODI-RN: ÚLTIMO BOLETIM DO NOVO CORONAVÍRUS DIVULGADO ONTEM


ITAÚ-RN: ADVOGADO PROMOVE QUEBRA-QUEBRA EM COMÉCIO DE VEREADOR E AGRIDE FISICAMENTE

O clima político esquentou de vez no Itaú RN.
Informações exclusivas chegadas ao blog João Moacir, dão conta que o advogado Jansen Leite, que seria o procurador geral do município de Itaú, teria invadido o comércio do vereador Gildo Pinheiro, feito um quebra-quebra geral e agredido fisicamente o vereador.
Ainda segundo relato de populares, o advogado chegou enfurecido e já partiu pra quebradeira e agressões.
Até o momento estou tentando contato com as partes pra apurar o que realmente aconteceu pra terminar nessa violência toda.
Aguardem...


*João Moacir

APODI-RN: GTO LOCALIZA PLANTIO DE MACONHA NA ZONA RURAL

Durante toda a tarde desta terça-feira (1), o Grupo Tático Operacional - GTO, realizou intensas buscas na região da Chapada, na zona rural de Apodi, no Oeste do Rio Grande do Norte, com o objetivo de localizar uma suposta plantação de maconha naquela área . Após horas de caminhada pela mata fechada o objetivo foi alcançado.

Em uma propriedade de difícil acesso no sitio São Francisco, o cultivo da planta, cannabis sativa, popularmente conhecida por maconha, foi encontrada. Os policiais puderam comprovar que o cultivo era irrigado pelo sistema de gravidade, e que através de escavações no solo, era feito a captação de água da chuva no período de inverno e armazenamento em depósitos plásticos no período de seca, sendo distribuído por mangueiras, através do sistema de gotejamento. O responsável pelo cultivo, um ex presidiário morador daquela localidade, conhecido por "Galêgo do São Francisco", conseguiu se evadir, ao avistar a presença policial.

Toda plantação foi destruída e parte do material utilizado, além de alguns pés da erva, foram apreendidos para comprovação e apresentação na delegacia de polícia Civil de Apodi.

A equipe contabiliza portanto, o encontro e encerramento de duas plantações do mesmo produto nas últimas 48 horas em nosso território.


*Icém Caraúbas

TSE LIBERA CANDIDATURA DE FICHAS SUJAS QUE ESTARIA IMPEDIDOS DE DISPUTAREM AS ELEIÇÕES 2020

Uma decisão tomada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta terça-feira permitirá que candidatos enquadrados na Lei da Ficha Limpa impedidos de concorrer às eleições municipais de 4 de outubro disputem o pleito em 15 de novembro. Com as votações adiadas, o período de inelegibilidade de quem não poderia figurar nas urnas em outubro já terá esgotado no mês seguinte. As eleições foram adiadas neste ano por emenda constitucional devido à pandemia do coronavírus.
A decisão foi tomada em uma consulta proposta ao TSE deputado federal Célio Studart (PV-CE). Ele questionou se os candidatos ficha suja considerados inelegíveis para as eleições 2020, pelo calendário original, continuam impedidos de disputar cargos, mesmo com o adiamento do pleito para novembro. A resposta foi negativa. O placar foi de cinco votos a dois.
O entendimento do TSE, deve implicar em aumento no número de candidatos a prefeito e a vereador aptos a concorrer neste ano. A decisão dos ministros seguiu parecer da assessoria técnica do tribunal, segundo o qual o adiamento das eleições não pode barrar a candidatura de políticos enquadrados na Lei da Ficha Limpa até outubro deste ano.
A Lei da Ficha Limpa estabelece que condenados por um tribunal de segunda instância devem ficar inelegíveis por um período de oito anos a partir do crime cometido. Portanto, condenados por ilegalidades nas eleições de 2012 estariam barrados das urnas até outubro desde ano.
A lei torna inelegível por oito anos um candidato que tiver o mandato cassado, renunciar para evitar a cassação ou for condenado por decisão de órgão colegiado, mesmo que ainda exista a possibilidade de recursos.
— Eu diria que sorte é sorte. No caso aqui, de alguns possíveis candidatos que seriam inelegíveis, não dependeu deles a ocorrência da alteração da data da eleição — disse o ministro Alexandre de Moraes.


*O Globo

VITÓRIA DO EX-PRESIDENTE: TRIBUNAL ARQUIVA AÇÃO PENAL CONTRA LULA EM BRASÍLIA

Ex-Presidente Lula
O Tribunal Regional Federal da Primeira Região (TRF-1), com sede em Brasília, decidiu nesta terça-feira (1º) trancar uma ação penal em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva era acusado de ter recebido propina, por meio de um suposto intermediário, para influenciar contratos firmados entre o BNDES e a construtora Odebrecht em Angola.

Em 2016, o Ministério Público Federal acusou Lula de ter recebido vantagem indevida, por meio de um sobrinho de sua primeira mulher, Taiguara Rodrigues, em troca da influência em favor da empreiteira.

Os juízes da Quarta Turma do TRF, contudo, entenderam que não havia elementos para o prosseguimento da ação penal.

Em nota, a defesa de Lula elogiou a ordem do tribunal dizendo que é mais uma “justa e importante decisão”.

“Sempre que foi julgado por um órgão imparcial e independente —fora da Lava Jato de Curitiba— Lula foi absolvido ou a acusação foi sumariamente rejeitada, na linha da defesa que apresentamos em favor do ex- presidente”, disse o advogado Cristiano Zanin Martins.

A defesa de Lula disse que espera que o Supremo Tribunal Federal acolha os dois habeas corpus que tramitam perante a corte e que pedem a anulação de processos abertos contra Lula pela Lava Jato em Curitiba em virtude da suspeição do ex-juiz Sergio Moro.

O ex-presidente já foi condenado duas vezes em ações da Lava Jato em Curitiba e aguarda em liberdade o esgotamento dos recursos nas instâncias superiores. Desde o ano passado, porém, Lula vem obtendo vitórias em seus processos na Justiça.

Em dezembro, ele e a ex-presidente Dilma Rousseff foram absolvidos em ação penal sobre o chamado “quadrilhão do PT”, também em tramitação no Distrito Federal. Em São Paulo, em setembro de 2019, a Justiça Federal rejeitou denúncia do Ministério Público que abordava pagamentos da Odebrecht para um irmão do ex-presidente.

*FOLHAPRESS

MINUTOS DE SABEDORIA!!!!!

DEUS habita dentro de você!
Deixe, então, que sua bondade se manifeste através de seus olhos, fornecendo-os brandos de compreensão, quentes de compaixão, ternos pelo perdão constante a todos...
Que nenhum olhar de impaciência ou condenação tolde a beleza de sua vida!
Que sua fisionomia irradie contentamento de felicidade, de tal forma que todos os que se aproximem de você sejam contaminados por seu otimismo!

MOSSORÓ-RN: 153 MORTES VIOLENTAS EM 2020 - JOVEM É MORTO A TIROS NO BELO HORIZONTE

O crime aconteceu por volta das 21h30m de sábado, 24 de outubro, na Rua João Damásio, no bairro Belo Horizonte em Mossoró no Rio Grande do N...