quarta-feira, 12 de junho de 2019

APODI-RN: FESTA DE SANTO ANTÔNIO NO SÍTIO BARRA TEM CONTINUIDADE HOJE!

Programação para hoje, noite de Santo Antônio, padroeiro do Sítio Barra, Apodi-RN. 

NOITE DE SANTO ANTÔNIO, NOITE DE FOGUEIRA

Hoje é noite de Santo Antônio. É a tradição continua, fogueiras acesas e a fé no Santo Casamenteiro!

Mais de 30 mil crianças e adolescentes estão em situação de trabalho infantil no RN, diz pesquisa

Trabalho infantil — Foto: Divulgação/ Editora Cidade/ Notícia Agora
O Rio Grande do Norte tem pelo menos 33 mil crianças e adolescentes, de cinco a 17 anos, trabalhando de forma irregular. No Brasil, são cerca de 3 milhões, que representam 6% da população nesta faixa etária. Os dados são baseados na última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), que apurou dados sobre o trabalho infantil. Os número incluem aqueles menores que trabalham para o autoconsumo, ou seja, para a própria sobrevivência.
Com o objetivo de tornar mais eficientes os esforços até a erradicação do trabalho infantil, a campanha "Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar" foi lançada por iniciativa do Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil.
Esta quarta-feira, 12 de junho, é o Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 2002, e também Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil, criado pela Lei nº 11.542/2007. A data corresponde à apresentação do primeiro relatório global sobre o trabalho infantil na Conferência Anual do Trabalho.
O Ministério Público do Trabalho (MPT) no Rio Grande do Norte foi uma das entidades que aderiu à campanha. No período de 2016 a 2019, de acordo com o órgão ,foram instaurados 91 procedimentos para apurar denúncias relacionadas à exploração do trabalho ilícito de crianças e adolescentes. A campanha pretende também reforçar a importância do papel de todos em informar, pelo Disque 100, os casos de trabalho infantil, que também podem ser denunciados pelo aplicativo Proteja Brasil.
O trabalho infantil ocorre tanto no meio urbano, com 1,4 milhão de crianças e adolescentes com idades variando dos 5 aos 17 anos, correspondendo a 59,2% do total, como na área rural, com cerca de 976 mil, atingindo o percentual de 40,8%. Esse número é mais expressivo entre as crianças de cinco a 13 anos de idade: 308 mil no meio rural (68,2%) e 143 mil nas cidades (31,8%). A região Nordeste registra a segunda maior taxa de ocupação, com 28,8% da população na faixa entre cinco e 17 anos trabalhando.
Com o tema Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar, a campanha visa sensibilizar e motivar uma reflexão da sociedade sobre as consequências do trabalho infantil e a importância de garantir às crianças e aos adolescentes o direito de brincar, estudar e sonhar, vivências que são próprias da infância e que contribuem para o seu desenvolvimento.
De acordo com a campanha, o trabalho infantil deixa sequelas e danos físicos, psíquicos, educacionais e sociais, na maioria das vezes irreversíveis. São exemplos dos impactos negativos do trabalho infantil, no aspecto físico: fadiga excessiva, problemas respiratórios, lesões e deformidades na coluna, alergias, intoxicações, distúrbios do sono, irritabilidade. Segundo o Ministério da Saúde, crianças e adolescentes se acidentam seis vezes mais do que adultos em atividades laborais, porque têm menor percepção dos perigos. Fraturas, amputações, ferimentos causados por objetos cortantes, queimaduras, picadas de animais peçonhentos e morte são exemplos de acidentes de trabalho.
Psicologicamente, os impactos negativos variam de acordo com o contexto social do trabalho infantil. Por exemplo, abusos físicos, sexuais e emocionais são os principais fatores de adoecimento das crianças e adolescentes trabalhadores. Outros problemas são: fobia social, isolamento, perda de afetividade, baixa autoestima e depressão.
Em termos educacionais, observa-se baixo rendimento escolar, distorção idade-série, abandono da escola e não conclusão da Educação Básica. Quanto mais cedo o indivíduo começa a trabalhar, menor é seu salário na fase adulta. Isso ocorre, em grande parte, devido ao baixo rendimento escolar e ao comprometimento no processo de aprendizagem. É um ciclo que limita as oportunidades de emprego aos postos que exigem baixa qualificação e com baixa remuneração, perpetuando a pobreza e a exclusão social.


*VNT.

MOSSORÓ-RN: (080ª) [VÍDEO] HOMEM É EXECUTADO EM VIA PÚBLICA PRÓXIMO A UPA DO BELO HORIZONTE

No final da matéria vídeo onde Perito do ITEP, e Delegado de Plantão falam sobre o caso.
Mais um crime de homicídio foi registrado pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP), por volta das 07:00hs da manhã desta quarta feira 12 de junho de 2019, em Mossoró no Rio Grande do Norte.
A ação criminosa ocorreu na rua Padre Freire próximo a UPA do Belo Horizonte.
De acordo com as primeiras informações, um homem identifica como Ileano Fernando da Silva, 30 anos de idade, que trabalhava como pintor e residia na Rua Severino Praxedes Sobrinho, no bairro Boa Vista, foi executado em via pública enquanto ia para o trabalho em uma bicicleta.
Ele foi atingido com três tiros na parte de trás da cabeça e um no braço.
A Polícia Militar se encontra isolou o local de crime, até a chegada do Instituto Técnico-científico de Perícia (ITEP), que removeu o corpo para a sede do órgão.
Mossoró contabiliza 80 mortes violentas em 2019. No local imperou como sempre a lei do silêncio. A ROMU que primeiro chegou ao local, informou que a vítima foi surpreendida por dois homens de moto, que estariam usando farda azul de firma, e após os tiros fugiram em direção ao bairro Belo Horizonte.
No local apenas uma vizinha de Fernando compareceu, passou mal e foi levada para casa. Identificação completa traremos a seguir.


*Passando na Hora.

NATAL-RN: Nus e amarrados, corpos de três jovens são encontrados em matagal na Zona Norte

Região onde os corpos foram encontrados fica às margens da BR-101, próximo da rotatória que dá acesso ao município de Extremoz, na Grande Natal — Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução
Três jovens foram encontrados mortos na tarde desta terça-feira (11) em meio a um matagal no conjunto Nordelância, na Zona Norte de Natal. Os corpos estavam nus e amarrados. A região fica às margens da BR-101, próximo da rotatória que dá acesso ao município de Extremoz.
Até as 8h20 desta quarta (12), as vítimas ainda não haviam sido identificadas.
Segundo a Polícia Militar, foi um morador da região, que fazia uma trilha, quem encontrou os corpos. Os cadáveres estavam em uma área de difícil acesso. Por causa da mata extensa, as equipes da Polícia Civil e do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) demoraram quase duas horas para chegarem ao local.
Um outro morador da região disse à polícia que ouviu disparos de arma de fogo durante a madrugada.
Nos corpos, a perícia encontrou várias marcas de tiros. Porém, ainda não há pistas dos assassinos nem da motivação do crime.

*VNT.

NATAL-RN: BANDIDOS EXPLODEM CAIXA DE BANCO NA ZONA LESTE

Agência alvo dos bandidos fica no cruzamento das avenidas Jaguarari com a Presidente Bandeira — Foto: Klênyo Galvão/Inter TV Cabugi
Bandidos explodiram um caixa eletrônico dentro da agência do Banco do Brasil, que fica no bairro Alecrim, na Zona Leste de Natal. Segundo a Polícia Militar, a explosão aconteceu por volta das 3h30min.
A agência alvo dos bandidos fica no cruzamento das avenidas Jaguarari com a Presidente Bandeira.
A PM disse que, apesar dos estragos, os criminosos não conseguiram levar o dinheiro.