quarta-feira, 31 de julho de 2019

MOSSORÓ-RN: MOTORISTA DE CARRETA PASSA MAL AO VOLANTE E POR POUCO NÃO ACONTECE UM ACIDENTE DE PROPORÇÃO GRAVE NA BR 304

O motorista de uma carreta de placas ATA 7004 registrada na cidade de Bezerros-PE, passou mal ao volante no final da manhã desta quarta feira 31 de julho de 2019, próximo a entrada do bairro Bom Jesus em Mossoró no Rio Grande do Norte.
De acordo com as informações, o motorista identificado como Givanildo José da Silva 46 anos de idade, seguia sentido Mossoró Natal e ao se sentir mal pisou no freio deixando o veículo atravessado na pista causando transtorno aos demais condutores.
Populares relataram que veículos que vinha atrás, conseguiram desviar e por pouco não colidiram com a carreta provocando um grave acidente.
Suspeitando que o problema do motorista poderia ser infarto, a Polícia Militar que chegou rapidamente no local e acionaram uma ambulância ALFA com suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que o conduziu para uma Unidade de Saúde para a realização de exames. Segundo o médico intervencionista do SAMU, é prematuro dizer o que teria causado o mal no homem, haja vista que o mesmo tem histórico de gastrite e diabete e só após os exames será possível saber o que realmente aconteceu.


*Passando na Hora.

PRF apreende quase 300 kg de maconha na BR-304 em Lajes, no RN

Droga foi apreendida na BR-304, no RN — Foto: PRF/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 299,5 quilos de maconha em uma ação que aconteceu na noite desta quarta-feira (31) em Lajes, na região Central potiguar. Um homem de 34 anos, que transportava o entorpecente, foi preso, mas disse que não sabia o que estava transportando.
O caso aconteceu por volta das 23h em uma abordagem no quilômetro 193 da BR-304. De acordo com a corporação, o condutor sequer tentou esconder a droga. Parte estava disposta no banco traseiro do carro modelo Logan, enquanto outra foi achada no porta-malas do veículo, que seguia no sentido a Natal.
Ainda de acordo com a PRF, o homem preso também não era habilitado como motorista. A ocorrência foi encaminhada à Superintendência de Polícia Federal em Natal.


*VNT.

MOSSORÓ-RN: DHPP esclarece duplo homicídio e pede ajuda para localizar o acusado

A equipe da Delegacia de Homicídios de Mossoró esclarece a autoria de um duplo homicídio ocorrido no mês de junho, na Rua Pedro Ciarlini, no Alto São Manoel em Mossoró.
Na ocasião, Júlio Cezar Souza da Silva de 26 anos e Caio Marcelo Dantas Duarte de 19, foram assassinados a tiros, enquanto trabalhavam na reforma de uma residência.
Júlio morreu no local e Caio Marcelo, ainda foi socorrido pelo Samu para Hospital Tarcísio Maia, mas acabou não resistindo.
As investigações comandadas pelos Delegados, Liana Aragão e Rafael Arraes, apontam Iranildo de Souza Soares Filho como o principal envolvido. Segundo a Delegada Liana, ele estava acompanhado com um adolescente na hora do crime.
O inquérito foi remetido a justiça e a prisão de Iranildo Filho já foi decretada, mas o rapaz se encontra foragido. A delegada acredita que a prisão de Iranildo de Souza Soares Filho é uma questão de tempo. As informações com a identificação do adolescente, também já foi encaminhada a Delegacia do Menor Infrator para os procedimentos.


*O Câmera.

TRIO ACUSADO DE MATAR E ENTERRAR CORPO DE JOVEM EM PAU DOS FERROS-RN É PRESO EM SP

Foto divulgação Policia Civil
Uma investigação conjunta realizada pela 4ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Pau dos Ferros e Polícia Civil de São Paulo resultou na prisão de duas mulheres e um homem nesta segunda-feira (29), no município de São Vicente, no Estado de São Paulo. Em desfavor de Karismeire Alves de Queiroz, de 22 anos, e Henrique Eduardo Arlindo Lima, de 26 anos, que mantém união estável, existiam dois mandados de prisões em aberto, pela prática dos crimes de tráfico de drogas, organização criminosa, cárcere privado, homicídio qualificado e ocultação de cadáver.
Em desfavor de Luiza de Marilac Queiroz dos Santos, de 44 anos, mãe de Karismeire Alves, existia um mandado de prisão em aberto pelos crimes de organização criminosa, cárcere privado, homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Os três estavam foragidos da Justiça do Rio Grande do Norte, com mandados expedidos pela Comarca de Pau dos Ferros em aberto.
O trio tem envolvimento no assassinato de jovem paraibana Rafaela da Silva Vieira, 18 anos, que teve o corpo enterrado na zona rural de Pau dos Ferros. O responsável por planejar o assassinato da jovem foi o namorado da vítima. As investigações revelaram que os autores do crime achavam que o crime não seria descoberto, pois durante toda a investigação, não houve registro na Delegacia de Pau dos Ferros sobre o desaparecimento de Rafaela da Silva, pois a jovem paraibana teria vindo para o Rio Grande do Norte sozinha, para morar inicialmente em Frutuoso Gomes e depois na cidade de Itaú.
De acordo com as investigações, o namorado, que pertence a uma facção criminosa, teria descoberto que Rafaela estava mantendo contato com membros de uma facção rival a dele. Sabendo disso, trouxe a jovem à Pau dos Ferros e acompanhado de mais quatro pessoas, simularam um banho de rio, levaram a vítima para uma área de matagal, distante da cidade e lá fizeram o seu julgamento de morte e em seguida enterraram o corpo. Todos eles foram conduzidos até a delegacias e encaminhados ao sistema prisional, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Rafaela da Silva Vieira foi julgada e morta pelos criminosos




*Passando na Hora.

Presos de Altamira são mortos dentro de caminhão durante transferência para Belém; no momento dos crimes, 30 eram transportados

Presos de Altamira são mortos dentro de caminhão durante transferência para Belém — Foto: Adriano Baracho / TV Liberal
Quatro envolvidos na briga entre facções que resultou no massacre do presídio de Altamira foram mortos durante o transporte para Belém, segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Segup). Com isso, o número de mortos no confronto chega a 62.

Os novos crimes ocorreram entre os municípios de Novo Repartimento e Marabá na noite de terça-feira (30). Os presos eram levados algemados dentro de um caminhão, dividido em duas celas. Os corpos foram encontrados na manhã desta quarta (31) com sinais de sufocamento.

De acordo com a Segup, os mortos seriam da mesma facção e ocupavam a mesma cela no Centro de Recuperação Regional de Altamira. Os outros 26 presos que estavam no veículo e que seriam levados para a capital estão em isolamento.

O caminhão tem quatro celas e a capacidade para até 40 preso – no momento dos crimes, 30 eram transportados. O Estado informou que não possui caminhão com celas individuais.

(CORREÇÃO: ao publicar esta reportagem, o G1 errou ao informar que as mortes dos quatro detentos ocorreram em um ônibus. Na verdade, os crimes foram cometidos dentro de um caminhão. O erro foi corrigido às 10h19.)

De acordo com a Segup, 21 presos já estão em Belém. Todos chegaram na terça-feira (30). Dezesseis são líderes de facções e dez deles irão, posteriormente, para o regime federal, os demais serão redistribuídos nas penitenciárias estaduais.

Massacre no presídio
Um confronto entre facções criminosas dentro do presídio de Altamira causou a morte de 58 detentos. Na segunda-feira (29), líderes do Comando Classe A (CCA) incendiaram cela onde estavam internos do Comando Vermelho (CV). De acordo com a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), 41 morreram asfixiados e 16 foram decapitados. Na terça, mais um corpo foi encontrado carbonizado nos escombros do prédio.

Após as mortes, o governo do estado determinou a transferência imediata de dez presos para o regime federal. Outros 36 seriam redistribuídos pelos presídios paraenses.

Um relatório do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) considera o presídio de Altamira como superlotado e em péssimas condições. No dia do massacre, havia 311 custodiados, mas a capacidade máxima é de 200 internos. Segundo a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Pará, dos 311 presos, 145 ainda aguardavam julgamento.

*G1 PA

Nota Potiguar entrega prêmios de R$ 277 mil a cidadãos e instituições filantrópicas

O Governo do Estado e a Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) realizam, na próxima quinta-feira (1º), a solenidade de entrega dos prêmios aos ganhadores do primeiro sorteio da Nota Potiguar. Foram seis sorteados, sendo cinco ganhadores de Natal e uma do município de Baraúnas, que foram contempladas com prêmios em dinheiro no total de R$ 118 mil.

Além disso, as instituições filantrópicas escolhidas pelos usuários do aplicativo Nota Potiguar também serão beneficiadas com R$ 159 mil em recursos no total. A solenidade ocorre às 10h, no auditório da governadoria.

A Nota Potiguar é uma ação do Programa de Cidadania e Educação Fiscal do Governo do Estado e oferece vantagens e prêmios a quem pede para inserir o CPF na nota fiscal no momento das compras. Para participar, os consumidores só precisam instalar o aplicativo da Nota Potiguar no smartphone, escolher uma instituição filantrópica das área de saúde, esporte e assistência social e torcer para ser sorteado. Cada R$ 50 vale um ponto. A cada fim de mês, os pontos podem ser revertidos em descontos de até 10% no valor do próximo IPVA , ingressos de futebol ou bilhetes que concorrem a sorteio de prêmios em dinheiro pela loteria.

O primeiro sorteio foi realizado no dia 19 e a relação publicada no Diário Oficial do Estado. O sorteio definiu os vencedores dos dois prêmios de R$ 4 mil e dos de R$ 10 mil, R$ 20 mil, R$ 30 mil e R$ 50 mil. Duas instituições foram escolhidas por dois ganhadores e, por isso, elas acumulam dois prêmios, cada um é a metade do valor do sorteado, totalizando quatro instituições contempladas por terem sido escolhidas pelos usuários sorteados. No entanto, outras 32 instituições também foram contempladas pelo rateio de R 100 mil.

Elas partilham, por terem atingido pelo menos 0,5% do total de pontos, um prêmio de R$ 30 mil igualitariamente. Mais R$ 70 mil serão distribuídos proporcionalmente entre as instituições que atingiram o maior número de pontos. A Nota Potiguar é uma campanha que integra as ações do Programa de Cidadania e Educação Fiscal do Rio Grande do Norte. Em 60 dias, a ação já conta com mais de 90 mil usuários, que instalaram o aplicativo da campanha, 105 instituições cadastradas e 36 mil estabelecimentos que integram a campanha.

Nesse período, foram processados 4,2 milhões de documentos fiscais emitidos. A expectativa é que, com o programa, o Governo arrecade em torno de R$ 84 milhões por ano através dessa conscientização do cidadão em pedir a nota fiscal e a inserção do CPF. Os detalhes da campanha, o regulamento e as funcionalidades do aplicativo podem ser conferidos no site oficial do programawww.np.set.rn.gov.br/.