quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Educação integral requer diálogo e desenho adequado

Ampliação de oferta de ensino de tempo integral em São Paulo preocupa por falta de informações 
O anúncio, realizado pela gestão João Doria na quarta-feira passada (21), de que o governo de São Paulo pretende ampliar o número de alunos no programa de educação integral do estado foi tema de reportagem no Seu Jornal, da Rede TVT, que contou com comentários da presidente do Conselho de Administração do CENPEC Educação, Anna Helena Altenfelder.
Assista ao vídeo.

Propostas sem diálogo
Segundo o governo, a expectativa é que cerca de 100 escolas da rede estadual de São Paulo, com uma média de 500 alunos cada, passem a contar com o ensino em tempo integral em 2020.

Com a medida, cerca de 50 mil alunos se somariam aos atuais 156 mil de 417 escolas dos ensinos Fundamental e Médio com tempo integral, o que representaria uma ampliação de 32% no número de matriculados.

Apesar de parecer um anúncio auspicioso – o secretário estadual de educação, Rossieli Soares, afirma que a iniciativa segue as metas do Plano Nacional de Educação (PNE) e do Plano Estadual de Educação (PEE) para a educação integral –, há questões que preocupam especialistas, como Anna Helena Altenfelder.

Entre as preocupações, segundo a presidente do Conselho de Administração do CENPEC Educação, estão o fato de que o conteúdo pedagógico não está claro e falta diálogo com professores, famílias e comunidade escolar.

“Não faz sentido desenhar uma política pública sem ouvir efetivamente quais são as necessidades, qual é a realidade (…). As pessoas que têm o conhecimento efetivo daquilo que acontece no território têm uma possibilidade de contribuir para a construção da política que quem está no gabinete não tem.

Para que a política seja mais efetiva, mais eficaz (…), é fundamental que as pessoas envolvidas sejam ouvidas.”

Anna Helena Altenfelder
Educação integral e desigualdades

O fato de que as escolas que devem aderir ao programa incluem o Ensino Médio é outra fonte de preocupação.

“Tem de pegar, pelo menos, o primeiro e segundo ciclo do Ensino Fundamental. O Ensino Médio é a terminalidade, é o aluno que trabalha, que ajuda no sustento da casa. Nós temos desigualdades sociais e, quando o estudante está na idade (…), o pai manda trabalhar. Se [a escola] ficar em tempo integral, o estudante acaba saindo e vai para o mercado de trabalho – e depois volta para fazer Educação de Jovens e Adultos (EJA)”, comenta a deputada estadual Professora Bebel (PT).

Nesse sentido, a pesquisa Políticas para o Ensino Médio: o caso de quatro estados (Ceará, Pernambuco, Goiás e São Paulo), realizada entre 2015 e 2016 pelo CENPEC Educação com apoio da Fundação Tide Setubal, foi lembrada, ao demonstrar que políticas públicas de educação integral sem um desenho adequado podem, inclusive, ampliar as desigualdades sociais.

“A análise mostra, entre outros resultados, que a diversificação da oferta tende a favorecer a influência de desigualdades sociais, transformando-as em desigualdades escolares”, diz o estudo assinado por Antônio Augusto Gomes Batista, Paula Reis Kasmisrki, Joana Buarque de Gusmão, Sofia Lerche Vieira, Eloísa Maia Vidal e Hivy Damásio Araújo Mello.

“Se concentradas em regiões e escolas que atendem populações menos vulneráveis, [essas políticas] podem favorecer aqueles que menos precisam e precarizar, inclusive, as outras escolas do entorno”, diz Anna Helena Altenfelder.

Olhamos a implementação de políticas de educação integral sempre à luz da pesquisa Políticas para o Ensino Médio: o caso de quatro estados, no sentido de observar em que medida a política pode ou não acirrar as desigualdades.”

Anna Helena Altenfelder
A deputada Professora Bebel pretende contatar o secretário de Educação, Rossieli Soares. “Minha esperança é que o secretário (…) faça um calendário gradativo”, comenta Bebel.

Confira a pesquisa do CENPEC Educação sobre Ensino Médio e educação integral

IPANGUAÇU-RN: IRMÃS QUE ESTAVAM DESAPARECIDAS FORAM ENCONTRADAS

Graças a Deus um final feliz para a família das duas irmãs da cidade de Ipanguaçu no Rio Grande do Norte que estavam desaparecidas foram encontradas.
Segundo informações da mãe de Emily de 11 anos e Milena de 14 anos de idade, estavam na casa dos avós na cidade de Pureza/RN. A mãe agradece a todos que ajudaram direta ou indiretamente.

*Focoelho.

ACIDENTE NA BR-405: CAPOTAMENTO NO CONTORNO DE ACESSO A MARCELINO VIEIRA

Um capotamento ocorrido na tarde desta quarta-feira, 4 de setembro, deixou um rastro de destruição na BR-405, no contorno da RN-079, que dá acesso a Marcelino Vieira/RN
Segundo informações levantadas pela reportagem, um crediaristas identificado por Marzinho da cidade de Pau dos Ferros, que trafegava com destino a referida cidade ao chegar no contorno da RN-079, acabou perdendo o controle da direção do veículo, saiu da pista de rolamento, posteriormente veio a capotar.
De acordo com as informações o cidadão que estava no interior do veículo, não sofreu ferimentos que inspirassem maiores cuidados.


*Informação: Foco Pé na Cova.

CAICÓ-RN: HOMEM TENTA MATAR A EX ESPOSA A TIROS E TIRA A PRÓPRIA VIDA NO CENTRO DA CIDADE

No final da tarde desta quarta feira dia 04 de setembro, um homem aparentemente embriagado, infelizmente efetuou cerca de 4 tiros na ex posa e depois atirou contra a própria cabeça.
A residência fica localizada na Rua Renato Dantas no Centro da cidade de Caicó e segunfo populares eles tinham se mudado do bairro Paraiba para o Centro, a pouco tempo e estariam separados a cerca de 2 meses.
O homem, identificado ate o momento como CREMEU ou TETÉ, natural de Parelhas/RN morreu no local, enquanto que, sua ex esposa a professora MARIA ELIZETE PEREIRA, foi socorrida para a urgência do hospital Regional do Seridó.
Uma criança de 5 anos de idade, que seria neta, estaria nos braços da vítima quando ele entrou atirando, mas não há relatos que a criança foi atingida.
A Polícia Militar isolou o local do crime até a chegada da Polícia Civil e do ITEP. Em instantes poderemos voltar com mais informações sobre o estado de saúde de ELIETE.

*Fonte: Caicó na Rota da Notícia, via: João Moacir.

ANTÔNIO MARTINS-RN: ACIDENTE MATA VENÂNCIO ETELVINO

Em um acidente na conhecida "Estrada do Óleo", na noite de ontem, o antoniomartinense, Venâncio Etelvino da Silva, de 40 anos, perdeu a vida.
Após, supostamente ter perdido o controle do caminhão tanque que dirigia ou ter sentido algum mal estar, não se sabe o certo, Venâncio Etelvino desceu um aterro, tendo seu corpo ficado preso as ferragens, devido o tanque caído sobre a cabine.
Venâncio nasceu na comunidade de Trincheira e trabalhava transportando combustível para uma empresa da cidade da "Boa Esperança".
O corpo já encontra-se na cidade de Antônio Martins, sendo velado na residência do seu sogro, Francisquinho de Enéas, no centro da cidade. O cortejo fúnebre sairá para a igreja matriz às 17h e em seguida para o cemitério local.


*RN Política em Dia.

MOSSORÓ-RN: Polícia Civil prende homem acusado de duplo homicidio

Policiais civis da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa e Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró prenderam na manhã quarta-feira (05), Iranildo de Souza Soares Filho, acusado de um duplo homicidio no bairro Alto de São Manoel. A prisão ocorreu na zona rural de Mossoró.
Os policiais chegaram até Iranildo após o recebimento de denúncias anônimas informando que o mesmo estaria escondido em um sitio na região de Alagoinha na zona rural de Mossoró. Ele é um dos acusado de matar as pessoas de Júlio Cezar Souza da Silva que tinha 26 anos e Caio Marcelo Dantas Duarte de 19 anos.
Iranildo foi conduzido até a delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da justiça.
A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

*Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/O Câmera.

MOSSORÓ-RN: IDOSO DE 69 ANOS É VÍTIMA DE BALA PERDIDA NO PLANALTO 13 DE MAIO

O aposentado Antônio Lourenço da Silva, de 69 anos, foi vítima de bala perdida no início da manhã desta quarta-feira, 04 de Setembro de 2019, na Rua Martins Júnior no bairro Planalto 13 de Maio, em Mossoró.
Segundo informações, elementos de moto tentaram assaltar um popular que reagiu a ação criminosa, um dos bandidos atirou e acertou o aposentado com um tiro transfixante na perna.
Ele foi socorrido por familiares para a UPA do Alto de São Manoel, onde recebeu os primeiros atendimentos e depois foi transferido pelo Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM).


*Passando na Hora.

JAÇANÃ-RN: Padrasto confessa ter matado criança de 6 anos, diz Polícia Civil

Padrasto foi ouvido por policiais da Delegacia Regional de Santa Cruz (foto) e da Delegacia de Jaçanã — Foto: PMRN/Divulgação
O padrasto da menina de 6 anos encontrada morta no município de Jaçanã, na região Agreste do Rio Grande do Norte, em agosto deste ano confessou ter assassinado a criança, segundo disse a Polícia Civil nesta terça-feira (3). A menina foi achada morta com sinais de estrangulamento dentro de casa no dia 9 de agosto e morreu ao dar entrada no hospital.

O caso foi elucidado na Delegacia Municipal de Jaçanã. Segundo a investigação dos policiais civis, a mãe da criança, que chegou a ser presa preventivamente ao lado do padrasto, não teve nenhuma relação com a morte da filha. A polícia concluiu que ela sequer estava em casa na hora do crime.

Segundo a Polícia Civil, o padrasto confessou o assassinato, mas alegou que o crime foi um acidente. No depoimento, ele contou que entrou no quarto para pegar uma roupa e a criança acordou assustada, momento em que começou a gritar. Ele disse no depoimento que os gritos poderiam chamar a atenção da vizinhança e colocou um lençol na boca e nariz da criança para fazê-la parar. O padrasto disse que a menina apagou, mas achou que ela teria desmaiado num primeiro instante e voltado a dormir na sequência.

O padrasto da criança, que tem 34 anos, morava com a mãe dela e outros quatro irmãos em Jaçanã.

O laudo do Instituto Técnico e Científico de Perícia (Itep) apontou que a menina foi morta por asfixia mecânica. A Polícia Civil ainda aguarda ainda o laudo pericial sobre uma possível prática de violência sexual. O padrasto nega que tenha cometido.


*VNT.

SÃO JOSÉ DO CAMPESTRE-RN: Três suspeitos morrem e outros quatro são presos após troca de tiros com a PM

Policiais militares e assaltantes trocaram tiros em São José do Campestre — Foto: Redes Sociais
Três homens morreram e outros três ficaram feridos e foram presos após um confronto com a Polícia Militar em São José do Campestre, na região Agreste potiguar, na manhã desta quarta-feira (4). Os seis são suspeitos de terem participado de um assalto em uma propriedade rural do município. De tarde, uma outra mulher também foi presa pela PM na cidade - ela é a quarta detida suspeita por participação no assalto.
De acordo com a PM, os policiais se depararam com os assaltantes logo depois do crime. Foi quando houve o confronto. Cinco armas foram apreendidas com o grupo: dois revólveres, uma pistola e duas armas longas e de grosso calibre.
Os policiais militares seguem em operação. Uma casa que também fica na zona rural foi cercada. Há a suspeita de que mais integrantes da quadrilha possam estar do lado de dentro.
Este foi o segundo confronto envolvendo bandidos e policiais nesta quarta-feira. Pela manhã, em Assu, na região Oeste do estado, um preso do regime semiaberto morreu e outros cinco suspeitos foram presos.

Em São José do Campestre, uma casa foi cercada pela PM durante a busca pelos criminosos — Foto: Redes Sociais


*VNT.

VEM AI, A VII FACUC!!!!


INVESTIGAÇÃO NA CAERN

A 46ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Natal expediu recomendação ao presidente da Companhia de Águas e Esgotos do Estado do RN (Caern) em razão concessão irregular de diárias de viagem.
No documento, o promotor de Justiça explica que foram feitas denúncias anônimas relatando que entre os anos de 2013 e 2014, o modelo de pagamento dessas diárias adotado pela empresa abria margem para manipulações dos dados informados.

ASSU-RN: ELEMENTO MORRE EM CONFRONTO COM A POLÍCIA

Uma operação conjunta envolvendo a Polícia Civil e a Policia Militar na madrugada desta quarta feira 04 de setembro de 2019, no bairro Parati 2000 na cidade de Assu no Rio Grande do Norte acabou com um suspeito morto e outros cinco foram presos e conduzidos para a delegacia.
De acordo com as primeiras informações, os policiais foram até o bairro Parati para cumprir mandados de prisão.
O suspeito identificado até o momento como Nazareno, que era um dos alvos da investigação reagiu a abordagem policial e morreu no confronto. 


*Focoelho. 

JANDUÍS-RN: Polícia Civil prende mulher suspeita de integrar organização criminosa

Policiais civis da 7ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Patu e das Delegacias Municipais de Caraúbas e de Campo Grande deram cumprimento, na tarde desta terça-feira, 3, a um mandado de prisão em desfavor de Euzanira Oliveira de Souza, 36 anos. O mandado foi expedido pela Comarca de Campo Grande, referente à prática do crime de organização criminosa. A prisão aconteceu no município de Janduís.
Euzanira Oliveira é investigada por integrar uma organização criminosa especializada em roubo de cargas, veículos, carros-fortes e caixas eletrônicos. Ela foi conduzida até a delegacia e encaminhada ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça.
A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima através do Disque Denúncia 181.

*Focoelho.