terça-feira, 29 de janeiro de 2019

APODI- RN: PARTICIPANTES DO CURSINHO PONTO DA CIÊNCIA TÊM APROVAÇÃO

O CURSINHO PONTO DA CIÊNCIA teve um bom número de alunos aprovados no SISU. O Blog parabeniza a todos pela aprovação e ao Cursinho Ponto da Ciência, que encaminha os jovens apodienses para a Universidade!
Diversas áreas, diversas universidades e diversos jovens que alcançaram os seus objetivos. Agora, o objetivo é estudar e concluir o seu curso. Boa sorte a todos!!!

Primeiro colocado em medicina da UFRN é campeão estadual e regional de química

Pedro Saraiva Ramos foi o primeiro colocado em medicina na UFRN no Enem de 2018 — Foto: Arquivo Pessoal
O primeiro lugar no curso de medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Pedro Saraiva Ramos, tem 17 anos e conta que fez o Exame nacional do Ensino Médio pela primeira vez, “valendo”, no ano passado. “Mas fiz a prova como teste desde o 9º ano”, recorda.
Pedro cursou em 2018 o 3º ano do ensino médio e, durante os anos de aluno no Colégio Nossa Senhora das Neves, colecionou medalhas em olimpíadas estudantis.
Ele venceu a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, também ganhou a de Matemática, por três vezes levou o ouro na Olimpíada Estadual de Química, foi menção honrosa na nacional e venceu também a Olimpíada do Norte/Nordeste de Química.
Sobre a medicina, diz que escolheu o curso depois de conversar com o irmão, que é aluno da graduação. “O meu irmão faz o curso e o contato que eu tive, mesmo que pouco e superficial, me despertou um certo interesse. Então, ponderando esse aspecto e outros, a decisão a que cheguei foi essa”, afirma.

Preparação
“Pude relaxar mais no 3º ano, que eu acho que é importante também”. Pedro Saraiva Ramos afirma que a dedicação desde o início da escola, procurando absorver os conteúdos mesmo quando ainda estava no ensino fundamental, permitiram que ele conseguisse ter uma rotina mais tranquila no ano em que prestou o Enem. “Não foi só um ano de preparação, foram vários”.


*VNT

Aluna nota 1000 na redação foi aprovada para Medicina da UFRN

Estudante potiguar Carolina Mendes concluiu o ensino médio em 2017 e conseguiu nota 1000 na redação do Enem 2018 — Foto: Arquivo Pessoal
Carolina Mendes Pereira, de 18 anos, obteve nota 1000 na redação e foi aprovada em 11º lugar para o curso de medicina da UFRN, na mesma turma de Pedro. “Vi (o resultado) no computador. Foi muito eufórico, mas fiquei muito aliviada”, conta.
A estudante fez a prova pela segunda vez em 2018. Ela concluiu o ensino médio em 2017. A escolha da medicina como profissão aconteceu depois de um minicurso de anatomia que fez na Universidade Federal, quando ainda cursava o ensino médio.
“Os motivos reais, que talvez antes eu não soubesse e agora tenho com mais clareza, foram aparecendo. Poderia resumir em três pilares: um é a parte de estudo. Eu gosto muito de biologia, de química. Segundo que eu quero muito ser gente que trabalha com gente, poder ter uma perspectiva muito humana, que eu acho que falta muito. E terceiro que eu quero, sempre que puder, dar auxílio à minha família”.
Carolina Mendes afirma que a avó, que sofre de uma demência cognitiva, também foi importante para que tomasse a decisão. “Eu quis ser uma médica na família para ser esse amparo. Minha avó foi muito importante para isso tudo, para ver que eu queria muito poder ajudar”.

SÃO JOSÉ DE CAMPESTRE-RN: FORAGIDO DE PRESÍDIO DO RN É SUSPEITO DE ESTUPRAR SOBRINHA DE 12 ANOS

De acordo com a Polícia Militar, Paulo César Rodrigues Santana, 29 anos, teria raptado e, usando arma, forçado criança a ter relação sexual com ele.
Suspeito de estuprar sobrinha de 12 anos tentou fugir atirando contra policiais. Foto: Divulgação/PM
Um fugitivo da penitenciária estadual de Alcaçuz, que fica em Nísia Floresta, foi preso nesta segunda-feira (28) sob suspeita de estuprar uma criança de 12 anos, que seria sua sobrinha. O caso aconteceu na cidade de São José de Campestre, a 103 quilômetros de Natal.
De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, por volta das 5h30 da manhã uma equipe de policiais da cidade foi acionada para atender ocorrência de rapto. Uma mulher ligou informando que sua neta de 12 anos havia sido levada por seu filho.
Os policiais investigaram o caso e conseguiram chegar a uma casa abandonada onde a menina estava sendo mantida sob cárcere privado. No momento que os PMs chegaram ao local, o suspeito tentou fugir atirando. Os policiais reagiram e conseguiram impedir a fuga, baleando-o no braço.
O homem foi identificado como Paulo César Rodrigues Santana, 29 anos. Após ser levado ao hospital da cidade e socorrido, “Palito” – como é conhecido – foi encaminhado para a Delegacia de Polícia da cidade, onde foi detido. E ficará à disposição da Justiça. Com ele, a polícia apreendeu um revólver calibre 32 e mais cinco balas. O suspeito deve ser investigado por rapto; estupro de vulnerável e porte ilegal de arma.
 

*OP9/Passando na Hora.

MOSSORÓ-RN: JUSTIÇA AUTORIZA VINDA DE MARCELO PILOTO PARA O PRESÍDIO FEDERAL

Marcelo Piloto foi expulso do Paraguai dia 18 de dezembro, após assassinar uma mulher dentro da prisão. Foto: Divulgação/Polícia do Paraguai
A Vara de execuções Penais do Rio de Janeiro autorizou a transferência de um dos maiores líderes da facção criminosa Comando Vermelho (CV). Marcelo Fernando Pinheiro Veiga, 43 anos, o Marcelo Piloto, está atualmente na penitenciária federal de Catanduvas, no Paraná. A concretização da transferência para Mossoró só depende agora de autorização da Justiça Federal do RN.
No presídio potiguar, localizado na região Oeste do Rio Grande do Norte, encontra-se presa a única pessoa que segundo informações da polícia tem mais poder que Marcelo Piloto dentro do CV: Luiz Fernando da Costa, 51 anos, o “Fernandinho Beira-Mar”.
A decisão que autoriza a transferência foi dada pelo juiz Rafael Estrela. O entendimento dele é que se o traficante retornar para o Rio de Janeiro isso pode impactar na sensação de insegurança que já existe naquele estado.
“A permanência do apenado fora dos limites do estado do Rio de Janeiro é um importante obstáculo ao fluxo de comunicações entre tais líderes e seus comandados, no que tange a transmissão de ordens ilícitas, o que viabiliza a continuidade da austera política de segurança pública implementada pelas autoridades fluminenses”, disse, na decisão.
Na mesma decisão, independente de transferência ou não, o juiz determinou a permanência de Marcelo Piloto em presídio federal definitivamente. Em novembro passado, a prisão em instalação desse tipo tinha sido determinada de forma provisória.


Marcelo Piloto foi expulso do Paraguai em novembro.  

Marcelo Piloto passou 10 anos foragido. Foto: Divulgação/Polícia do Rio de Janeiro
Marcelo Piloto foi preso no Paraguai em dezembro de 2017, após dez anos foragido. Ele se mudou para o país vizinho em 2012. Lá usava uma identidade falsa e se mudava a cada seis meses. A mudança aconteceu após ele ser promovido e se tornar “matuto”, como são chamados os fornecedores de armas e drogas. De acordo com a polícia, ele seria o maior “matuto” do CV fora do Brasil.

No Paraguai, ganhou notoriedade após um plano de fuga que envolveu a explosão de um carro bomba para libertá-lo. O episódio, em outubro de 2018, resultou na morte de três supostos integrantes do CV. Em novembro, pouco antes de ser expulso, ele concedeu uma entrevista coletiva dentro do prédio onde funciona o grupamento especializado da Polícia Nacional, que seria um quartel para onde eram levados presos que requerem algum cuidado especial.
Por fim, em 17 de novembro, ele usou uma faca de sobremesa para matar, com pelo menos 16 facadas, Lidia Meza Burgos, de 18 anos, que foi visitá-lo. Após isso, o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, anunciou sua expulsão. O assassinato teria sido uma ação desesperada para evitar a extradição para o Brasil. Marcelo Piloto é condenado pela Justiça do Rio de Janeiro a uma pena de 26 anos de prisão. No Paraguai, o narcotraficante estava preso por homicídio e falsificação de documentos.
 

*OP9/Passando na Hora.

UFRN: INSCRIÇÕES DO PROJETO TRILHAS POTIGUARES VÃO ATÉ 18 DE FEVERIRO

A Pró-Reitoria de Extensão (Proex) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) recebe até 18 de fevereiro as inscrições dos municípios interessados em participar do Programa Trilhas Potiguares, que em 2019 aborda a temática “Desenvolvimento Sustentável”. A iniciativa é direcionada aos municípios com população de até 15 mil habitantes, mediante assinatura do Termo de Compromisso com a UFRN prevista para 22 de março.

Entre as atribuições da gestão das cidades selecionadas estão indicar um representante municipal como coordenador local; oferecer alimentação, hospedagem e transporte local à equipe nas visitas previstas durante a semana de atuação no município; disponibilizar materiais de expediente, limpeza, consumo e equipamentos necessários à realização das ações; bem como outras atribuições que podem ser conferidas na Chamada Pública, disponível no site da Proex: https://bit.ly/2CGvG6W.

A inscrição do município será realizada a partir do preenchimento de uma ficha, que deve ser encaminhada para o e-mail trilhas_potiguares@hotmail.com ou entregue na Coordenadoria de Ações Comunitárias da Proex, também com possibilidade de recebimento por via postal. O resultado está previsto para ser divulgado até 19 de março de 2019.

CONVITE DE CANTORIA!!!