Mostrando postagens com marcador SAÚDE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador SAÚDE. Mostrar todas as postagens

domingo, 16 de fevereiro de 2020

JORNALISTA DIZ, QUE LULA ESTÁ COM CÂNCER NOVAMENTE

De acordo com o jornalista brasileiro, Bernardo Küster, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, está com câncer novamente. A informação, segundo Küester, foi confirmada por uma fonte ligada ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.
O jornalista afirmou que a doença do ex-presidente repareceu na laringe, órgão do sistema respiratório, também responsável pela fala (fonação).
Confira a postagem do jornalista…

Desejamos aqui, recuperação para o ex-presidente Lula!

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Drauzio Varella chama fala de Bolsonaro sobre HIV de “desumanidade” e “grosseria”

O médico Drauzio Varella esteve no programa de entrevistas da TV Cultura, Roda Viva, nesta segunda-feira (10). Durante a entrevista ele criticou a fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e elogiou o Sistema Único de Saúde (SUS). As informações são do Congresso em Foco.
Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que pessoas que vivem com HIV representam grande despesa para o país. “Qualquer pessoa com HIV é uma pessoa que, além do problema de saúde gravíssimo, que temos pena, é custoso para todo mundo. Vocês focaram que o aidético é oneroso no Brasil. Estou levando porrada de tudo quanto é grupo de pessoas que têm este problema lamentavelmente”, afirmou o presidente no sábado (8).
O médico afirmou ao Roda Viva que quando se trata do HIV, ainda há muito “preconceito e desumanidade”. “A sociedade sempre fez isso, [atirou no doente] a culpa da doença que ele tem. Na idade média, [quanto] a hanseníase, eles diziam que eram os impuros, aqueles que eram os ímpios, os que não acreditavam em Deus, os que ofendiam a Deus. A tuberculose, quem eram? Eram os devassos, os devassos que pegavam tuberculose, e na AIDS, os promíscuos. Essas pessoas não pensam que isso pode acontecer com alguém da família delas”, explica o Varella que classifica esse tipo de comentário como “uma desumanidade inqualificável. Uma grosseria que não merece nem comentário.”


*Do BG.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2020

GOVERNO DO RN: 100 CONCURSADOS SÃO NOMEADOS PARA A SAÚDE

A nomeação foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (5) e aponta unidades que receberão os novos profissionais. Ao todo, 38 profissionais ficarão no Hospital da PM. 
O governo do Rio Grande do Norte nomeou 100 novos servidores para a Saúde, em publicação no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (5). Entre os profissionais que devem ser contratados, há médicos, farmacêuticos, enfermeiros e técnicos de enfermagem. A maior parte deles vai atuar em Natal.
Os candidatos convocados foram aprovados em concurso realizado pela Secretaria de Saúde em 2018. A publicação aponta quais são os documentos e exames médicos que os aprovados na seleção devem apresentar para assumir os cargos públicos.
A publicação ainda aponta as unidades de saúde que receberão os contratados. Apenas o Hospital Coronel Pedro Germano, conhecido como Hospital da PM, vai receber 38 profissionais. Maior hospital do estado, o Walfredo Gurgel terá 4 novos enfermeiros.
 

Veja a distribuição dos servidores por unidade de saúde:
Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (Natal) - 4 enfermeiros
Hospital Giselda Trigueiro (Natal) - 3 médicos infectologistas, 2 enfermeiros e 8 farmacêuticos/bioquímicos e outros 2 farmacêuticos.
Hospital Ruy Pereira (Natal) - 4 técnicos em enfermagem
Hospital Coronel Pedro Germano (Hospital da PM, em Natal) - 10 clínicos gerais, 21 técnicos em enfermagem e 7 enfermeiros.
Hospital Maria Alice Fernandes - 7 enfermeiros
Laboratório Central (Lacen, Natal) - 3 farmacêutico bioquímico e 5 técnicos em biodiagnóstico
Suvige (Natal) - 1 farmacêutico
Hospital Deoclécio Marques (Parnamirim) - 3 farmacêuticos bioquímicos
Hospital Nelson Inácio (Assu) - 1 médico anestesista e 2 médicos cirurgiões gerais
Hospital Regional Rafael Fernandes (Mossoró) - 3 médicos clínicos gerais
Hospital Regional Tarcísio Maia (Mossoró) - 4 médicos anestesistas, 3 enfermeiros e 6 técnicos em enfermagem.
Unicat (Mossoró) - 1 farmacêutico.


*JBelmont.

Walfredo Gurgel reduz para 94 o número de pacientes no corredor; Sesap anuncia medidas para diminuir superlotação

O número de pacientes acomodados em macas e cadeiras nos corredores do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, a principal unidade de saúde do estado, diminuiu para 94 nesta terça-feira (4). Na tarde de segunda-feira (3), esse número chegou a ser de 127. Além disso, três ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) seguem "presas" na unidade, já que os pacientes estão nas macas dos veículos - 18 ambulâncias chegaram a ficar no local na segunda-feira.
Nesta terça-feira (4), a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) convocou uma entrevista coletiva para apresentar medidas que visam reduzir a superlotação do hospital. Entre essas medidas, estão a transferência para outras unidades de saúde - o Hospital da Polícia Militar e o Hospital Colônia João Machado -, e altas médicas para pacientes com cirurgias eletivas agendadas.
A Sesap destacou ainda que busca fazer até a quarta-feira (5) novas transferências de pacientes com outros procedimentos que os hospitais regionais tenham condições de atender.
Segundo o secretário adjunto da Sesap, Petrônio Spinelli, o Governo do Estado liberou um recurso de R$ 15 milhões extras para investimentos neste momento. O montante visa equacionar a dívida com as unidades de saúde contratadas para a realização de cirurgias eletivas de ortopedia - que são o Hospital Memorial São Francisco e a Prontoclínica Dr. Paulo Gurgel -, e cerca de R$ 3,5 milhões serão usados para pagamento de fornecedores do Walfredo Gurgel. Outro hospital que receberá as paciente para cirurgias é o Deoclécio Marques, em Parnamirim.
"Inicialmente são três ações concretas. Primeiro, os ajustes de financiamento que o estado tinha com os hospitais privados. A segunda é ver a necessidade dos pacientes para ver a viabilidade de eles não precisarem ficar dentro do hospital. E a terceira e mais importante é a relocalização dos pacientes. Eles estão sendo deslocados não só para os procedimentos cirúrgicos em outros locais, mas também para retaguarda de leitos clínicos nos hospitais da rede", disse Spinelli.
Em relação às transferências de pacientes, o secretário adjunto e os diretores do Hospital Walfredo Gurgel também garantiram que o Hospital Pedro Germano, da Polícia Militar, vai abrir 90 leitos de enfermaria e 10 de UTI. Também serão abertos 40 leitos no Hospital João Machado e 110 novas vagas de UTI em toda a rede.
Segundo o secretário, está em andamento também um chamamento público que busca acelerar cirurgias eletivas - atualmente o déficit é de 10 mil. De acordo com Petrônio Spinelli, elas serão realizadas a partir de março com a melhoria na estrutura do Samu e dos Hospitais Regionais do interior do estado e com iniciativas como o consórcio intermunicipal de saúde.


*Do G1 RN.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

NATAL-RN: Hospital Walfredo Gurgel amanhece com 96 pacientes em macas nos corredores, diz Sindsaúde

Na manhã desta terça-feira (04), enquanto os diretores do Sindsaúde RN mobilizavam para o ato público contra a reforma da Previdência do Governo Fátima, presenciaram um cenário de guerra no maior hospital público do estado do Rio Grande do Norte.
Cerca de 96 pacientes estão internados nos corredores do Walfredo Gurgel, contando com apenas 8 técnicos de enfermagem. Uma média de 1 técnico para 12 pacientes. Segundo os servidores, há pacientes com mais de 80 anos em macas aguardando um leito no hospital e outros aguardando vagas de UTI, através de ação judicial.
Infelizmente, não há leitos de UTI suficientes no Estado. Cerca de 110 leitos espalhados pelo RN estão aguardando para serem reabertos, mesmo sendo judicializado há anos. O hospital de Canguaretama foi fechado no ano passado e o Rui Pereira sofre ameaça de fechamento.
“Dia após dia, o caos vai se espalhando na saúde pública. A saúde continua precária. O governo de Fátima Bezerra (PT) está dando continuidade a política de sucateamento do SUS e dos demais serviços públicos, aplicada pelos governos anteriores. o invés de abrir mais leitos o governo está fechando os serviços. A situação está insuportável, carga de trabalho excessiva e essa é a realidade do Walfredo Gurgel”, declarou Carlos Alexandre, servidor do Walfredo Gurgel e diretor do Sindsaúde RN.

CORREDÔMETRO RN

Em 2015, o Sindsaúde RN criou o corredômetro nos quatro maiores hospitais do Estado: Walfredo Gurgel, Santa Catarina, Deoclécio Marques e Tarcísio Maia. A contagem funcionava uma vez por semana pelos próprios servidores. A intenção era divulgar o número de pacientes nos corredores dos hospitais públicos. O corredômetro foi suspenso em 2018, mas a ideia é retomá-lo agora em 2020. Ainda esse mês, lançaremos novamente o Corredômetro RN.

*Fonte: Blog Amigos da Onça.

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

GOVERNO BOLSONARO LIBERA R$ 5,5 MILHÕES PARA 11 HOSPITAIS DO RN, MENOS PARA O DE APODI

Essa chibata, não precisa de recursos, seu moço?
O governo Jair Bolsonaro liberou R$ 5,5 milhões das chamadas emendas de bancada, propostas pela bancada federal no Congresso Nacional, para beneficiar 11 hospitais do Rio Grande do Norte. Os recursos serão destinados a aquisição de equipamentos, como aparelhos de raio x e de ultrassonografia, e insumos para procedimentos cirúrgicos.
Serão beneficiados os hospitais: 

Maria Alice Fernandes, Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, Dr. João Machado, de Natal; 
Dr. Tarcísio de Vasconcelos Maia, de Mossoró; 
Dr. Cleodon Carlos de Andrade, de Pau dos Ferros; 
Dr. Mariano Coelho, de Currais Novos; Monsenhor Antônio Barros, de São José do Mitipu; 
Hospital Regional de João Câmara
Alfredo Mesquita, de Macaíba; 
Hospital Regional do Seridó, em Caicó; e 
o Lindolfo Gomes Vidal, de Santo Antônio. 

*Do Blog: Cadê o Hospital Regional Hélio Morais Marinho, de Apodi? Será que ele desapareceu do mapa? Magote cabras sem vergonha, vocês só sabem vir aqui em tempos e eleições, para pegar os votos dos apodienses!!

terça-feira, 14 de janeiro de 2020

CRISE NA SAÚDE DE NATAL É DESTAQUE NACIONAL

Foto: Reprodução/Google Imagens
A saúde pública de Natal enfrenta vários problemas: corredores super lotados nas unidades, por vezes falta de recursos e até de profissionais que constantemente entram em greve. Esse caos foi destacado nacionalmente nas páginas de O Globo.
Na reportagem intitulada “Serviço de saúde encolhe no país com crise fiscal; Manaus, Rio e Natal vivem caos”, o jornal mostra o problema da saúde com declarações polêmicas do Sindicato dos Médicos e com a Secretaria Municipal de Saúde afirmando que está tudo bem.
Para ler a notícia na íntegra basta clicar aqui.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

SÃO FRANCISCO DO OESTE-RN: Prefeito Lusimar Porfírio investe pesado para garantir atendimentos especializados a pacientes na área de ortopedia.

Na última segunda-feira (23), no município de São Francisco do Oeste, foram realizadas 40 consultas especializadas em ortopedia com o Dr. Fábio, na Secretaria Municipal de Saúde.
De acordo com o prefeito Lusimar Porfírio, que tem investido pesado na área da Saúde, entre os atendimentos realizados, 2 pacientes passaram por procedimentos de aplicações (introdução de uma agulha com medicação no espaço-infra-articular).
Vale salientar que esse tipo de tratamento tem um custo elevado, e ao longo do ano de 2019 foram disponibilizados com recursos próprios municipais um total de 25 aplicações.
Este atendimento, assim como de outras especialidades, é um tipo de iniciativa ofertada pela Secretaria Municipal de Saúde com o devido apoio da prefeitura, visando atender da melhor forma a demanda populacional.


*Fonte: Política Pau-Ferrense.