Mostrando postagens com marcador SEGURANÇA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador SEGURANÇA. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Bandido ameaça Bolsonaro

Um bandido que incendiou um posto de gasolina no Ceará ameaçou Jair Bolsonaro, que reagiu:
“Note a necessidade mais que urgente de se mudar a legislação com participação de todas as esferas de Poderes e Imprensa. Não porque o marginal ameaça citando meu nome, mas para mostrar ao povo ordeiro de que lado estão o Executivo, Legislativo e Judiciário.”
É urgente aprovar o pacote de Sergio Moro contra o crime organizado.


*O Xerife.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Ceará vai receber mais 200 agentes da Força Nacional, diz Governo do Estado

Força nacional reforça segurança no Ceará — Foto: Natinho Rodrigues/SVM
O Ceará vai receber um reforço de mais 200 agentes da Força Nacional ainda na noite desta segunda-feira (7), de acordo com o Governo do Estado. Trezentos agentes da tropa federal já atuam no Ceará desde sexta-feira (5), na tentativa de conter a onda de ataques que ocorre no estado há seis dias. Os crimes, no entanto, continuaram no domingo e nesta segunda-feira.

Em todo o estado, ocorreram 153 ações criminosas desde quarta-feira (2). Em um dos crimes mais ousados, um bando explodiu a coluna de um viaduto na BR-020, em Caucaia. A estrutura recebe escoras e está bloqueada para o tráfego de veículos. Em Limoeiro do Norte, criminosos explodiram a antena de uma telefonia e deixaram 12 cidades sem sinal em celulares.

O Ceará recebeu também reforço de 100 policiais militares da Bahia e 50 policiais rodoviários federais, que atuam em conjunto na tentativa de conter a onda de violência.

As ações criminosas são uma reação de membros de facção à proposta do Governo do Estado de reforçar a fiscalização nos presídios para evitar a entrada de celulares. Os criminosos pedem também, por meio de pichações em prédios públicos, a saída do secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuqurque, que afirmou que iria acabar com a divisão de facções nos presídios do Ceará.

Atualmente, cada presídio do estado abriga internos integrantes da mesma organização criminosa. 


*G1 CE.

quinta-feira, 27 de dezembro de 2018

PM AMEAÇA PARAR ATIVIDADES CASO GOVERNO DO RN NÃO CUMPRA ACORDO

Diante da promessa feita pelo governo do estado em pagar nesta sexta-feira o 13º salário de 2017, categoria diz que vai esperar que pagamento seja o governo cumpra o prometido. 
Depois da paralisação da Polícia Civil, iniciada na quarta-feira (26) e intitulada de Operação Zero, a Polícia Militar também declarou que poderá parar as atividades de rotina, caso o Governo do Estado não cumpra, até o fim da manhã dessa sexta-feira (28), o acordo feito com a categoria. A declaração foi feita pela Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais Militares e Bombeiros Militares do RN (Asspmbmrn).
O Estado se comprometeu em realizar o pagamento do 13º salário, ainda de 2017, aos bombeiros e policiais militares nesta sexta-feira (28), após uma cobrança da Asspmbmrn. Esse é o prazo final dado pela categoria. O acordo foi fechado durante uma reunião entre a secretária de Segurança, Sheila Feitas, os comandantes das forças militares estaduais e o governador, no dia 20 de dezembro. Eliabe Marques, presidente da associação, afirmou que uma assembleia seria convocada de emergência se o acordo fosse descumprido.
Já Nilton Arruda, presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), reiterou que ao longo dessa quinta-feira (27), as delegacias em todo o Estado permanecerão fechadas. O presidente afirmou que duas reuniões foram travadas ontem com a gestão administrativa do governo, mas não houve acordo. Hoje, haverá mais uma reunião para uma terceira tentativa.
De acordo com Nilton, a secretária de Segurança pediu que a categoria cedesse um pouco e realizasse, ao menos, as prisões em flagrantes. Mas a categoria não aceitou e continua em Operação Zero, disse.
No ano passado, os agentes de segurança realizaram a Operação Segurança com Segurança, que durou 23 dias. Ao longo da greve, a violência aumentou no estado e principalmente em Natal. Por isso, a Força Nacional foi acionada e 100 homens foram enviados ao RN para tentar controlar a situação nas ruas.
Além disso, o governo federal enviou 2,8 mil homens das Forças Armadas, no dia 30 de dezembro, para reforçaram o patrulhamento. A permanência das Forças Armadas no RN seguiu até o dia 12 de janeiro deste ano.
 

*OP9/Passando na Hora.

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

DECISÃO DE PARALISAÇÃO NA POLÍCIA CIVIL E SEGURANÇA DO RN POR TEMPO INDETERMINADO

Os Policiais Civis do Rio Grande do Norte e os servidores da Sesed se reuniram em Assembleia Geral, na manhã desta segunda-feira (24), na sede do SINPOL-RN. As categorias decidiram deflagrar Operação Zero a partir da quarta-feira, dia 26 de dezembro.

Ficou deliberado que, às 8h, todos os Policiais Civis irão para a Central de Flagrantes. A partir de então, a categoria estará mobilizada por tempo indeterminado.

Os Policiais Civis e Servidores da Segurança cobram do Governo do Estado o pagamento do restante do 13º de 2017, bem como uma definição sobre o 13º de 2018 e o salário de dezembro.

Nilton Arruda, presidente do SINPOL-RN, afirma que se o governador Robinson Faria anunciou pagamento do 13º salário de 2017 dos policiais militares para o dia 28 deve fazer o mesmo para as outras categorias.

“O sentimento atual é de grande revolta, pois ao anunciar o pagamento apenas para uma categoria da Segurança o Governo promove uma injustiça e discriminação. Infelizmente, nos últimos dias da sua gestão, o governador gera um caos na Segurança Pública ao adotar esse posicionamento”, comenta Nilton Arruda.

O SINPOL-RN orienta aos Policiais Civis do interior que, aqueles que puderem, também se dirijam para a Central de Flagrantes, na quarta-feira. Os que não puderem se concentrem nas delegacias regionais, também adotando a Operação Zero.